Marketing

O novo normal vai ser o digital to impress? A Carolina responde

A diretora de Marketing da Konica Minolta em Portugal, Carolina Afonso, acredita que o digital já era o “normal” para muitas empresas. Diz, contudo, que sai reforçado do contexto atual, dado que a utilização de canais digitais como alternativa aos físicos disparou.

quarta-feira, 22 julho 2020 10:42
O novo normal vai ser o digital to impress? A Carolina responde

 

Entende que a “necessidade de sobrevivência” fez com que as empresas reinventassem a forma como comunicam, canais e formatos: “Assistimos à proliferação de webinars, utilização de ferramentas que permitem reuniões à distância como o Zoom, Teams, entre outros, e à migração de investimentos publicitários para o digital”.

“Na Konica Minolta, por exemplo, apostámos nos canais digitais para comunicar a nossa proposta de valor e ajudar as empresas a ajustarem o seu workplace ao nível de soluções de teletrabalho que fomentam a colaboração, produtividade, gestão remota de equipas, segurança, impressão e digitalização”, acrescenta.

Recorda que a premissa do marketing é estar onde estão os consumidores e que os consumidores neste momento estão no digital. “Com o regresso à normalidade que se avizinha, o digital vai continuar a ser uma aposta, dado que existe uma mudança de paradigma, que ainda não sabemos se veio para ficar ou se é transitória, com as pessoas a optarem cada vez mais pela conveniência, redução de custos e facilidade de utilização que os canais digitais proporcionam”, conclui.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing