Marketing

Fazer o bem, bem feito. É a Terra (Nostra) do Federico

Ser uma green brand, uma referência em naturalidade e sustentabilidade. É assim que o senior brand manager da Terra Nostra, Federico Nigra, apresenta a estratégia para 2021 e para os anos seguintes. Sem perder de vista aquela que tem sido a mensagem da marca – “o bem, bem feito”.

quinta-feira, 11 março 2021 12:52
Fazer o bem, bem feito. É a Terra (Nostra) do Federico

 

E o bem tem, aqui, uma componente de responsabilidade, “promovendo a pastagem, o bem-estar animal, a naturalidade”, mas também a visão de que esse bem deve ser bem feito, “entregando produtos de elevada qualidade e sabor, relevantes para o consumidor, valorizando a categoria e levando, assim, a um crescimento sustentável. “Em 2021, Terra Nostra irá continuar a reforçar o seu posicionamento, reforçando a ambição de ser um verdadeiro benchmark de naturalidade e sustentabilidade”, enfatiza, partilhando um posicionamento que assenta na certeza de que “os consumidores são cada vez mais exigentes”.

No que toca ao crescimento, Federico Nigra nota que a Terra Nostra “é uma das marcas de lácteos preferidas pelo consumidor” e recorre ao Kantar Brand Footprint 2019 para sublinhar que é “mesmo” a quinta marca mais comprada em bens de grande consumo. A intenção para este ano é, pois, “continuar a contar com a preferência e confiança do consumidor”, sendo que o brand manager dá conta de que a marca tem em portefólio vários projetos que irão contribuir para a tornar “mais robusta e consistente”, aludindo a iniciativas no âmbito da sustentabilidade, bem como ao lançamento de novos produtos no mercado, em novos segmentos e novas ocasiões de consumo.

A naturalidade e a sustentabilidade são, pois, dois polos em que assenta a estratégia da Terra Nostra, apostada em valorizar a sua “origem única, os Açores, localizada no meio do Oceano Atlântico, uma terra verde o ano inteiro”: “Fazemos parte dos Açores há mais de 60 anos, por isso, a nossa origem e terra é, sem dúvida, um fator que nos diferencia”. Na diferenciação, ocupa igualmente lugar de destaque o Programa Leite de Vacas Felizes, um programa de cooperação com os produtores de leite, que garante as melhores práticas de produção de leiteira, fomentando a pastagem, o bem-estar animal e a sustentabilidade ambiental e económica das explorações. “Todo o nosso leite vem de vacas felizes, que vivem ao ar livre e em pastagem o ano inteiro, em comunidade com outros animais, dando origem a produtos (queijo, leite e manteiga) naturalmente cheios de sabor”, comenta, deixando uma certeza: “Não existe a nível nacional um programa que iguale o de Terra Nostra, sendo mesmo a nível internacional considerado uma best practice”.

A propósito de internacionalização, a marca está presente em vários mercados internacionais, principalmente países com fortes comunidades portuguesas e/ou de origem oficial portuguesa. No entanto, de acordo com Federico Nigra, o mercado nacional continua a ser o mais relevante para a marca.

No entretanto, a família de produtos está a aumentar. E 2021 começou com uma novidade no mercado, o Terra Nostra Snack, posicionado como uma solução para o snacking saudável no target adulto. “O segmento de snacks saudáveis é uma macrotendência a nível mundial, e, em Portugal, não é exceção, esta tendência existe e assistimos a um forte aumento de sortido em várias categorias. Em queijo, o segmento de snacking vale cerca de 6% de quota de mercado”, contextualiza o porta-voz da marca. Subjacente a este lançamento está também a convicção de que irá contribuir para o crescimento e o desenvolvimento deste segmento, havendo a expectativa de que, no futuro, venha a ser “um forte driver” de crescimento do mercado de queijo em Portugal, respondendo à procura crescente por snacks saudáveis, produzidos de forma mais sustentável. Este é o exemplo mais recente da inovação made in Terra Nostra, a propósito do que o senior brand manager sublinha: “A inovação é, sem dúvida, um fator-chave para a marca continuar a crescer, para continuar a liderar as tendências de mercado, ouvindo e respondendo às necessidades dos consumidores portugueses.”

En 2021, a estratégia da marca do grupo Bel Portugal passa por alterar o modelo de negócio com vista a acelerar o crescimento sustentável. Há uma ambição transversal a essa mudança, como explica Federico Nigra: “Terra Nostra tem a ambição de ser uma green brand, uma referência em naturalidade e sustentabilidade. Nesse sentido, é fundamental ter uma estratégia de crescimento sustentável desde o prado até à casa do consumidor, ou seja, trabalhamos para ser uma referência em sustentabilidade e naturalidade, desde os nossos produtores de leite, à fábrica, até à entrega de produtos o mais naturais possíveis, com processos e embalagens ecologicamente eficientes.”

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing