Marketing

Experiências disruptivas são o New Normal. Diz a Elisabete

Quem é que não ouviu a expressão “novo normal” durante a pandemia? Para a Founder e CEO da New Normal, Elisabete Ferreira, já há uns anos que o ecossistema do marketing fala da adaptação aos novos desafios que a tecnologia e as mudanças de comportamento trouxeram, os chamados “novos normais”. Então, a agência e consultora foi criada para trabalhar esse gap existente entre as agências de comunicação tradicionais e os desafios das marcas. 

quinta-feira, 09 setembro 2021 12:18
Experiências disruptivas são o New Normal. Diz a Elisabete

É focada na criação de experiências disruptivas e oferece soluções integradas de marketing, comunicação, tecnologia e negócio. “Conseguimos, neste primeiro ano, estruturar uma oferta que integra estas competências, seja numa abordagem consultiva ou em implementação de campanhas. Os dados ditam as orientações estratégicas e escolhas tecnológicas e criativas”, afirma, para explicar depois que, assim, conseguem “estrategicamente” explorar o valor e repensar o propósito das marcas/organizações, e “criativamente” transformar o futuro com novos modelos de comunicação e negócio que se traduzam em resultados.

Diz unir criatividade e eficiência, uma vez que garante “um maior controlo da mensagem e da experiência, de forma a inserir o produto/serviço com relevância e eficiência”. E isso é o que a New Normal considera trazer de diferenciador ao mercado. Mas há mais… O seu modelo de atuação assenta em “agilidade e colaboração”, porque está na sua génese a criação de abordagens “integradas e criativas”, em colaboração com qualquer área de uma organização. Está aberta à criação de modelos híbridos – via outsourcing, por exemplo –, para marcas, empresas ou até outras agências, no sentido de estender e transformar a capacidade criativa e digital de uma forma colaborativa. E, por último, abraça a transformação e a inovação com o foco na experiência: “Para trabalhar esta área, e baseados no nosso modelo de atuação, criámos um serviço, o ‘ALLEX – It’s all about experience’, para criar equipas in-housing nas organizações ou desenvolver ideias e projetos com expertise digital e criativo, e, assim, criar um novo normal no setor”.

Ao lado de Elisabete Ferreira, como cofundadores, estão Luís Fernandes e Luís Santos, Managing Partners do grupo New Anderthal, em que a agência se insere. Esta tem uma equipa core de quatro elementos, divididos entre as áreas de estratégia, criativa e comercial. Além disso, beneficia das sinergias de grupo, com mais três elementos na área de soluções/tecnologia e quatro na área de data e consultoria.

Todos eles constatam que o Marketing, impulsionado pela tecnologia, permite criar novas formas de interação e relação com as pessoas; e que é um “ótimo momento” para reafirmar o papel do setor, como voz do cliente na organização e focar o seu crescimento com base na customer experience. É nesse contexto “martech” (marketing mais tecnologia) que a New Normal quer “navegar, para criar um ‘mar’ mais relevante”. E esse é o desafio a que se propõe.

Também todos eles querem criar um caminho para um futuro melhor e mais inovador. “Um ‘novo normal’ está a acontecer agora, mas outros vão se seguir. Vão continuar a existir sempre ‘novos normais’. Não nos referimos obviamente a pandemias, mas sim ao contexto de incerteza e consequentes desafios que nos são lançados diariamente, sobretudo pela evolução humana e tecnológica”, considera a CEO, acrescentando que podem contar com eles para contribuir para esse New Normal.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

bt nl

Liga-te com o Coração

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing