Marketing

Jantar num Palácio (Chiado)? #ProvamosEAprovamos

Lembra-se de lhe termos falado da escadaria que leva do SALLA ao piso de cima do Palácio Chiado? Pois é, subimos e #ProvamosEAprovamos o menu que se serve no restaurante intimista, sóbrio, mas sofisticado, que evoca o classicismo dos aristocráticos clubes britânicos.

quinta-feira, 17 fevereiro 2022 17:15
Jantar num Palácio (Chiado)? #ProvamosEAprovamos

Ao chegar ao topo, é-se recebido por um leão alado dourado que pende do teto como se voasse sobre as mesas. Um “voo” que é refletido no tampo envidraçado das mesas que preenchem esta primeira sala em que o restaurante se desdobra.

Jantar num Palácio (Chiado)? #ProvamosEAprovamos

As salas seguintes confirmam o ambiente. A nossa mesa está reservada na última, onde pontua o verde escuro dos estofados, bem enquadrado nos painéis de madeira, nos tons quentes das paredes e nos frescos do teto. Esta foi, aliás, uma das preocupações da intervenção neste palácio que nasceu Quintela no século XVIII e que hoje se propõe ser o “centro do food&art de Lisboa”: a diretora de Marketing, Mónica Ferreira, diz precisamente que o maior desafio consistiu em intervir no espaço sem desvirtuar o que já existia, nomeadamente as paredes com frescos e a obra deixada pela vivência e história do Palácio Quintela.  Mas havia uma intenção: “rasgar” o lado formal e conferir leveza e expressividade, criando “um espaço que, embora num palácio, fosse convidativo para permanecer, que faz sentir em casa”.

Sentámo-nos, pois, à mesa nesta casa palaciana, para um jantar digno dos descendentes do Barão de Palmela. Sem cerimónias, começamos a degustação por um mil folhas de queijo creme, uma entrada que mais poderia ser uma sobremesa não fosse a salada fresca que a acompanha. E que não esteve sozinha, pois partilhou o palato com gyosas de rabo de boi, servidas com as texturas contrastantes da couve flor, da amêndoa torrada laminada e do teriyaki.

Jantar num Palácio (Chiado)? #ProvamosEAprovamos

O segundo andamento desta refeição fez-se em registo clássico: um prato de peixe e outro de carne. Chegou-nos primeiro, como mandam as regras, um filete de pregado em beurre-noisette, com legumes assados e especiarias mediterrânicas. Continuámos num crescendo de intensidade, para degustar presa de porco preto grelhada no carvão bem acompanhada de à brás de cogumelos.

Jantar num Palácio (Chiado)? #ProvamosEAprovamos

Jantar num Palácio (Chiado)? #ProvamosEAprovamos

Poderíamos perfeitamente ter dispensado a sobremesa, mas não seria a mesma coisa: até porque a carta tinha propostas de deixar água na boca. Foi difícil escolher, mas a escolha não desiludiu: rol de doce condensado com morango e amora.

A mão que assina estes pratos é a do chef Manuel Bóia, que preparou para o Palácio Chiado uma carta que é “um tributo à cozinha portuguesa, com influências da cozinha contemporânea internacional”. Descrita por Mónica Ferreira é assim: “Prima por ser uma cozinha de sabor e autenticidade, que estimula os sentidos e cria emoções. Os ingredientes dão lugar a pratos criados com substantivos e adjetivos, onde a assinatura é a paixão pelo que faz diariamente.”

Antes de cozinhar num palácio, esteve na Bica do Sapato, em Lisboa, onde, aliás, começou a carreira, em 2003. Em 2007, mudou para o Grande Real Villa Italia Hotel & SPA, mas, dois anos depois, faria as malas para Nova Iorque, para se juntar à equipa do Westchester Country Club. O regresso a Lisboa acontece em 2011 para trabalhar com Ljubomir Stanisic no 100 Maneiras. A hotelaria volta ao seu caminho em 2012 e 2013, no Hotel Penha Longa, onde foi chef de banquetes. Nesse ano, dá-se a reentrada numa equipa que já conhecia, a do bistrô 100 Maneiras, até que surge o convite para assumir a cozinha do restaurante em que se estreara. Ali permaneceu até 2018, quando o desafiaram para a curadoria gastronómica do Palácio Chiado.

Entre o bar SALLA e o restaurante de janelas abertas para o Chiado, o palácio está a conhecer uma nova vida. Diz a diretora de Marketing que o convite “come for dinner, stay for drink & dance” tem resultado na perfeição.

Já jantámos, já tomámos uma bebida, só ainda não dançámos…

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

bt nl

2050.Briefing

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing