Marketing

Oceanário e CCP revelam vencedores do concurso InPAR

oceanarioˍlisboaˍccp.jpg
Hélmer Fonseca e Frederico Pinheiro são os vencedores da segunda edição do concurso de ideias InPAR – Publicidade Ambientalmente Responsável, organizado pelo Oceanário de Lisboa e pelo Clube de Criativos de Portugal.
terça, 16 novembro 2010 01:00



Das 48 campanhas de publicidade recebidas, no âmbito da temática “A utilização consciente da água como recurso escasso e global”, o projeto daquela dupla de criativos, sob o slogan “Guarda a chuva”, destacou-se pela sua criatividade, inovação, simplicidade e por transmitir uma alteração de comportamentos através da criação de um movimento social.

A campanha vencedora recebeu um prémio no valor de 3.500 euros e vai estar presente, a partir de Dezembro, em anúncios de imprensa, spot em plataformas Web, banner e outdoor. Os prémios no valor de 1.000 euros e 500 euros serão atribuídos ao segundo e ao terceiro lugar, respetivamente.

O segundo lugar coube a Tiago Tomé e Daniel Jubilot, que apresentaram a concurso a campanha com o título “Ralo”, cujo slogan “Se a água acaba, acaba tudo” remete para o desperdício deste recurso.
 
Já Thiago Ferreira e Ricardo Simone, dupla premiada com o terceiro lugar, optou por fazer um jogo simbólico entre a falta de imagem e mensagens que sensibilizam para o desperdício de água em questões tão fisiológicas como chorar ou gastar saliva.

Dada a qualidade das candidaturas a concurso, nesta edição o júri decidiu ainda destacar uma quarta proposta com uma menção honrosa. “Banco da água” da autoria de Frederico Roberto e Diana Freire foi a campanha escolhida.

O concurso de ideias InPAR pretende promover a criação de campanhas que sensibilizem para a alteração de comportamentos visando a conservação da natureza. A realização do InPAR enquadra-se na área de Responsabilidade Ambiental das organizações envolvidas e no âmbito da missão do Oceanário de Lisboa.

Conheça as campanhas vencedoras:

Sinopse Campanha “Guarda a chuva” – 1º prémio
O conceito desta campanha consiste num incentivo à criatividade para o combate ao desperdício de água no planeta, criando no público, através do keyvisual, um imaginário coletivo de soluções práticas para a poupança de água.
 oceanarioˍlisboaˍccpˍ1.jpg
 
Sinopse Campanha “Ralo” – 2º prémio
A ideia consiste num ralo que após ter escoado a água, escoa tudo em volta incluindo o próprio anúncio. O conceito remete para o fim de tudo caso a água acabe.

 oceanarioˍlisboaˍccpˍ2.jpg
 
Sinopse Campanha “Não dá mais para desperdiçar” – 3º prémio

O objetivo desta campanha foi utilizar o exagero na economia da água, como forma de sensibilizar o público para a situação de escassez deste recurso. O conceito visual é minimalista, remetendo para uma mensagem contra o desperdício.

 oceanarioˍlisboaˍccpˍ3.jpg
 
Sinopse Campanha “Banco da água” – Menção Honrosa

O conceito desta proposta é unir o universo clássico da poupança, das transações económicas com a comunicação tradicional dos bancos para garantir que o público perceba qual a importância de poupar a maior riqueza que tem, a água. Foi criado o Banco da Água, uma instituição que visa a poupança deste elemento tão precioso e que funciona como um banco comum.
 oceanarioˍlisboaˍccpˍmh.jpg

Fonte: GCI

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing