Media

RTP com mais informação na rentrée

RTP

A RTP apresentou ontem, nos seus estúdios em Lisboa, a nova grelha de programação para esta rentrée. Para além de uma maior aposta na ficção nacional e documentários, o destaque vai para um maior espaço na informação: 7 horas e 30 minutos diários.
sexta-feira, 09 setembro 2011 15:22


Foi ontem apresentada ao fim-da-tarde, nos estúdios da RTP em Lisboa, a nova grelha de programação da estação pública. Com a presença de muitas caras conhecidas do canal, Hugo Andrade, director de programas, e Nuno Santos, director de informação, fizeram as hostes apresentando um vídeo com as novas apostas do canal.

Exceptuando o Sábado, todos os dias passam a ter um espaço informativo em primetime a seguir ao Telejornal. “Mudar de Vida”, é um novo programa de reportagem coordenado pelo jornalista Rosário Salgueiro que passa à segunda; “30 Minutos” continua a contar histórias e casos de portugueses de sucesso, tendo a jornalista Rita Marrafa de Carvalho como anfitriã à terça-feira.

A “Linha da Frente” é coordenada por Mafalda Gameiro e é um espaço de Grande Reportagem emitido à quarta-feira, ficando a “Grande Entrevista” a cargo de um novo rosto, Sandra Sousa, à quinta.

Sandra Felgueiras apresenta, à sexta, o “Caso da semana”, um espaço de reportagem, comentário e debate sobre o tema marcante da semana, e ao domingo o programa “Portugueses Extraordinários” mostra reportagens com “histórias contadas na primeira pessoa”, sob a coordenação do jornalista João Adelino Faria.

A nova grelha não engloba ainda os cortes exigidos por Miguel Relvas, ministro com a pasta da Comunicação Social. Nuno Santos refere que, mesmo com novas apostas, conseguiram poupar 300 mil euros desde o início do ano.

Nesta nova fase, a aposta da estação pública passa também por lançar novos rostos, sendo que o regresso de Nuno Santos à antena ainda não é para já. “Ainda há muito trabalho para fazer nos bastidores”, avança o director de informação.

É importante destacar ainda a refundação da RTPN, que passa a RTP Informação, e que tem arranque marcado para o próximo dia 19, sendo que, o director de informação do canal, refere que esta é a altura ideal para esta mudança.

No que diz respeito à privatização, Nuno Santos avança que não pode fazer qualquer comentário enquanto director de informação do canal, pelo que, quando questionado sobre o futuro avança: “Como vai ser o futuro? Veremos…”.

Em destaque nesta nova temporada da RTP está também o regresso do programa “O Elo mais Fraco”, apresentado por Pedro Granger, 5 novas apostas ao nível da ficção histórica e 18 novos documentários.

FSB
Fonte: Briefing

bt nl

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing