Media

Portugueses passam mais tempo na net do que a ver TV

Portugueses passam mais tempo na net do que a ver TV

O meio de comunicação que os portugueses mais usam no tempo de lazer é a Internet, com uma média de 5 horas de utilização diária. As conclusões são de um estudo da Nova Expressão, apresentado hoje, em Lisboa, e que tinha como objectivo avaliar o comportamento da população portuguesa utilizadora de internet em relação à utilização dos media.

terça, 25 outubro 2011 12:26


A seguir à Internet, o meio mais utilizado pelos portugueses nos tempos de lazer é a Televisão, com um consumo de 2h40m durante a semana e 4h/dia ao fim-de-semana. A Rádio, por sua vez, surge com uma procura mais demorada durante a semana (2h18m/dia) do que ao fim-de-semana (1h35m/dia). Já para os meios impressos, os portugueses dedicam-lhes cerca de 1 hora do seu tempo, diariamente.

Acerca das actividades realizadas na rede, esta análise conclui que a “utilização da Internet visa principalmente a comunicação por correio electrónico (97 por cento), a escolha e marcação de férias (84 por cento) ou vôos/viagens (53 por cento), a procura de imóveis (57 por cento) e o download de música (53 por cento) ”.

As redes sociais também estão na ordem do dia com a quase totalidade (95 por cento) dos inquiridos ligados a essas redes. No total, 62 por cento afirma ter uma ligação diária aos social media.

Outra conclusão relevante é que as pessoas já não conseguem viver sem a Internet e sem o telemóvel: a quase totalidade dos inquiridos revela que sentiria falta da Internet (98 por cento) e dos seus telemóveis (94 por cento), caso estes deixassem de existir. Já dos Outdoors, apenas 11 por cento sentiria a sua falta.

No que diz respeito à “literacia digital” o estudo “Um dia nas nossas vidas” mostra que 26 por cento não sabe o que é a rádio digital e que 6 por cento desconhece a televisão digital. Outro factor importante é que os hábitos de leitura de jornal estão a mudar: 40 por cento prefere ler os jornais na Internet.

E quais são as conversas que os portugueses têm? Esta análise da Nova Expressão mostra que os principais temas de conversa com os amigos situam-se à volta das notícias e da vida social (97 por cento) e do trabalho e da vida em geral (96 por cento). Neste caso, as conversas mais demoradas estão relacionadas com o tema trabalho.

As respostas a este estudo tiveram por base um “inquérito online, junto de um painel de utilizadores de Internet registado na Ideiateca, que efectou também o tratamento de dados”. No total, foram feitas 701 entrevistas a indivíduos de ambos os sexos e com mais de 16 anos.

Resta acrescentar que, segundo a Marktest, a população portuguesa utilizadora de Internet corresponde a 59 por cento da população com mais de 15 anos.

Fonte: Nova Expressão

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing