Media

Impresa com quebra nas receitas publicitárias

Impresa com quebra nas receitas publicitárias
As receitas publicitárias do grupo Impresa obtiveram uma quebra de oito por cento nos primeiros noves meses do ano. No final dos primeiros trimestres de 2011, a empresa de Francisco Pinto Balsemão teve uma receita publicitária de 97,8 milhões de euros, contrastando com os 106,3 milhões de euros angariados no período homólogo de 2010, noticia o Jornal de Negócios.

segunda-feira, 31 outubro 2011 11:32

Com uma diminuição das receitas de 14,8 por cento quando comparado com o mesmo período no ano anterior, a área de publishing foi a mais afectada nesta perda de receitas publicitárias. Nos primeiros noves meses do ano, a Impresa Publishing contou com uma receita em publicidade de 26,9 milhões de euros, cerca de menos cinco milhões relativamente ao período homólogo do ano anterior: 31,6 milhões de euros.

Também a estação televisiva da empresa, a SIC, sofreu uma quebra de cerca de 3,5 pontos percentuais nas receitas publicitárias, relativamente aos primeiros nove meses de 2010, passando dos 73,5 milhões de euros para os 70,9 milhões de euros no período homólogo do corrente ano. Mas as quebras acentuar-se-iam no último trimestre de 2011, revelando receitas publicitárias no valor de 19,5 milhões de euros, menos 5,9 pontos percentuais em comparação com os 20,7 milhões de euros registado no terceiro trimestre de 2010.

Deste modo, as receitas totais na área de televisão foram de 35,9 milhões de euros no terceiro trimestre de 2011, "representando uma descida homóloga de 1,7 por cento", adianta o Jornal de Negócios. Esta "foi afectada pela quebra do mercado publicitário, que não foi compensada pela subida de receitas de subscrição dos canais temáticos e das receitas multimédia", noticia o mesmo diário, citando o documento com os resultados do grupo Impresa.

Fonte: Jornal de Negócios



bt nl

2050.Briefing

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing