Media

RFM dá início às comemorações dos 25 anos

RFM dá início às comemorações dos 25 anos

Um concerto dos Xutos & Pontapés no auditório RFM marcou o início da comemoração dos 25 anos da estação do grupo R/com, na passada sexta-feira. António Mendes, diretor de programação da RFM, e Nilton, a nova voz da estação, levantam o véu sobre este ano de comemorações.

segunda-feira, 16 janeiro 2012 11:50


Em jeito de festa, ouvintes e funcionários da casa, juntaram-se na RFM para cantar os parabéns à estação que comemorou na sexta-feira o seu 25º aniversário. Os Xutos entraram também na comemoração e também receberam os parabéns, uma vez que celebravam os seus 33 anos de carreira.

Indagado sobre o que podemos esperar da RFM neste ano especial, António Mendes refere que "podemos esperar que a RFM continue a ser aquilo que tem sido até agora: uma rádio virada para os ouvintes, uma rádio de relações e afetos". Em termos práticos: "Traduz-se em eventos, numa reformulação da programação da RFM onde tocamos mais música, a introdução do Nilton, dia 23, no ar". "Temos ainda grandes eventos, como a digressão dos Xutos e o Rock in Rio", acrescenta o responsável prometendo revelar mais novidades "a seu tempo".

E porquê o Nilton a reforçar a equipa do "Café da Manhã"? O diretor de programação da estação conta que "dentro dos comediantes da nova geração em Portugal, o Nilton é uma das figuras mais populares" e que "o tipo de humor dele e o seu registo enquadram-se muito bem naquilo que é a RFM. É um humorista tranquilo, um humorista que se encaixa muito bem no programa da manhã da RFM".

Acerca do seu novo espaço nas manhãs da RFM, Nilton conta ao Briefing que, "em termos práticos, é uma dissertação sobre esse feijão que temos no cérebro que é o 'Tuga'. Está dentro do cérebro de cada um de nós: como portugueses somos um povo espetacular, só que depois vem o 'Tuga' e estraga tudo...". Ou seja, basicamente "são momentos de humor sobre um tema por dia, sobre coisas do dia-a-dia. Muito centrado no português e nas nossas façanhas", realça o humorista.

Para terminar, questionado sobre "qual a melhor receita para dispor bem numa altura tão crítica em Portugal, e numa altura tão crítica como o acordar", o humorista afirma: "É a forma como tu encaras a vida...".

Deixando o conselho: "Se tu encarares cada problema e cada situação com um lado descontraído e com um lado de humor, as coisas correm muito melhor. Eu raramente me chateio com alguma coisa... Vejo sempre as coisas pelo lado twilight zone".

Filipe Santa-Bárbara
Fonte: Briefing

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing