Media

Receitas da imprensa caíram 9,5% entre 2006 e 2010

jornais

As receitas da imprensa portuguesa caíram 9,5 por cento entre 2006 e 2010, passando de cerca de 400 milhões de euros para pouco mais de 350 milhões, indicam dados do estudo "Resultados dos grupos de media em Portugal", coordenado pela jornalista Ana Suspiro e que foi apresentado no sábado, na Casa da Imprensa, em Lisboa, numa conferência organizada pelo Fórum de Jornalistas.

segunda-feira, 02 abril 2012 00:51

O estudo, no qual colaboraram Catarina Almeida Pereira e Bruno Faria Lopes, tem como fonte os relatórios e contas e relatórios de gestão de 16 grupos e empresas de media. Segundo os dados, no mesmo período as receitas de vendas de jornais caíram 2 por cento.

As receitas de publicidade na imprensa registaram uma quebra de 35 por cento. Globalmente, os proveitos dos grupos de media, entre 2006 e 2010, registaram uma subida mínima: 0,83 por cento, situando-se nos 1100 milhões de euros. As vendas caíram 1,96 por cento e a publicidade registou uma quebra de 1,77 por cento.

Nas televisões, as receitas totais subiram 1,8 por cento, ficando perto dos 650 milhões de euros, um valor que é mais de metade das receitas globais do setor. Na rádio, e falando dos grupos Renascença e Media Capital e da TSF, os proveitos subiram 1, 7 por cento, ficando-se nos 43 milhões de euros, em 2010. Quanto a resultados, todas agravaram os seus prejuízos que, no total, ultrapassam os nove milhões de euros.

Quanto ao emprego, as empresas de media perderam 500 trabalhadores, dos quais 452 são da imprensa. O Estado continua a ser o maior empregador nos media de difusão nacional – grupo RTP e Lusa representam 31 por cento do total do número de trabalhadores. Entre 2006 e 2010 as remunerações totais com os trabalhadores subiram 6,90 por cento e com as administrações 13,23 por cento.

Hermínio Santos

Fonte: Briefing

segunda-feira, 02 abril 2012 09:11

bt nl

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing