Media

Tem 175.000 euros? Pode ser “fundador” de um jornal

Os anunciantes que queiram ter o estatuto de "membro fundador" do Expresso Diário, o novo projeto online do Expresso, terão de investir 175 mil euros por ano. O valor consta da proposta comercial que o jornal apresentou às agências e à qual o Briefing teve acesso.

quinta, 17 abril 2014 10:35
Tem 175.000 euros? Pode ser “fundador” de um jornal

Ser fundador é "fazer parte da história, uma história de inovação e compromisso com o país, numa dinâmica de renovação constante. Ser fundador do Expresso é acreditar em Portugal. E num princípio simples: as boas marcas juntam-se". É assim que o Expresso define o conceito de membro-fundador do Expresso Diário.

De acordo com a proposta, cada fundador tem cinco formatos por dia, cinco dias por semana e que podem ir desde a página inteira até a espaços entre conteúdos. Os fundadores têm 875 inserções no Expresso Diário, mais 35 inserções na app semanal do Expresso, um share of voice exclusivo, um gestor de campanhas exclusivo e localização premium. O investimento é de 175.000 (+IVA) por fundador.

O Expresso Diário deverá ser lançado em maio e a sua principal inovação é uma edição às 18H00. É apresentado na proposta comercial como "um vespertino na era digital". O conceito foi já testado em Espanha, com o El Mundo, que lançou, em outubro do ano passado, uma edição da tarde.

O projeto Expresso Diário é liderado por Pedro Santos Guerreiro, contratado em novembro do ano passado pelo grupo Impresa. Era diretor do Jornal de Negócios.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

terça, 22 abril 2014 11:07

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing