Media

O fenómeno

O Mundial de Futebol tornou-se no maior fenómeno desportivo em termos de redes sociais e equipamentos móveis, com o Facebook e Twitter a registarem valores recorde, facto que levou as marcas a apostarem nestas plataformas para se promoverem durante o evento, revela um estudo da Omnicom realizado ainda durante a fase de grupos e que avalia o comportamento dos consumidores durante a prova.

segunda, 14 julho 2014 10:55
O fenómeno

Durante a primeira semana do campeonato Cristiano Ronaldo foi o jogador com mais referências online, num total de 289 mil; entre 20 e 23 de junho a página de Facebook da FIFA ganhou mais 9 milhões de utilizadores atingindo os 31 milhões de fãs; entre os dias 16 e 19 de junho a Coca-Cola conseguiu 228 mil novos fãs no Facebook.

Estas são algumas das curiosidades reveladas pela empresa em comunicado. Só no Facebook foram registadas 815 milhões de interações, enquanto no Twitter o evento motivou cerca de 300 milhões de referências, com cada jogo a revelar-se como um verdadeiro evento social. No YouTube, os adeptos de futebol visualizaram mais de 1,2 mil milhões de minutos de publicidade relativa ao campeonato.

Perceber como os comportamentos do consumidor se vão alterando ao longo do Mundial de futebol é o objetivo do estudo que a Omnicom está a desenvolver a nível global.

As conclusões do relatório realizado durante a fase de grupos dão conta que as audiências de tv bateram recordes um pouco por todo o mundo ultrapassando os 3,2 mil milhões de espectadores do Campeonato do Mundo 2010 e que mais de mil milhões de interações foram geradas no Facebook e no Twitter.

Foto: FIFA

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing