Media

Eles premeiam os melhores trabalhos jornalísticos sobre a dor

A Associação Portuguesa para o Estudo da Dor e a Fundação Grünenthal promovem a quarta edição do Prémio Anual de Jornalismo. O objetivo é incentivar e reconhecer o interesse e qualidade dos trabalhos jornalísticos na área da Dor.

terça-feira, 25 agosto 2015 11:13
Eles premeiam os melhores trabalhos jornalísticos sobre a dor

A este prémio, aceitam-se candidaturas de todos os jornalistas residentes em Portugal cujos trabalhos tenham sido publicados, desde o dia 1 de maio de 2014 até 31 de agosto de 2015, em imprensa (escrita e online), televisão e rádio.

O valor total do prémio é de 3 mil euros, pelo que o melhor trabalho a concurso receberá 2 mil euros, e o segundo classificado será premiado com mil euros. As candidaturas devem ser entregues até dia 31 de agosto.

O júri responsável pelas distinções será composto por cinco pessoas pertencentes à Associação Portuguesa para o Estudo da Dor, Fundação Grünenthal e Sindicato dos Jornalistas. Na avaliação dos trabalhos a concurso serão considerados critérios de coerência com os objetivos do prémio, criatividade, investigação, relevância e qualidade.

A Associação Portuguesa para o Estudo da Dor promove o estudo, ensino e divulgação dos mecanismos fisiopatológicos, meios de prevenção, diagnóstico e tratamento da dor de acordo com os parâmetros estabelecidos pela IASP. Já a Fundação Grünenthal é uma entidade sem fins lucrativos que apoia a investigação e cultura científica na área das ciências médicas, com particular dedicação ao estudo da dor e respetivo tratamento.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

bt nl

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing