Media

Os portugueses gostam de conteúdos on-demand

Mais de 50% dos portugueses assiste a conteúdos on-demand diariamente. Esta é uma das conclusões do estudo ConsumerLab TV & Media 2015 desenvolvido pela Ericsson.

quinta-feira, 05 novembro 2015 12:57
Os portugueses gostam de conteúdos on-demand

O estudo refere-se ao mercado português e revela hábitos e perspetivas dos consumidores, ao mesmo tempo que analisa como os serviços de vídeo on-demand alteram comportamentos.

Segundo os resultados, os serviços vídeo on-demand estão a ser bem-sucedidos no que respeita à resposta às necessidades dos consumidores, permitindo assim que estes mudem os hábitos de consumo de vídeo. Assim, os portugueses gastam já mais de 4 horas por semana em streaming de conteúdo de mais longa duração, sendo que as séries de TV representam cerca de metade da visualização.

Os dados revelam que a geração "Millennium" utiliza cada vez mais os dispositivos móveis, como smartphones, tablets e portáteis. Entre os jovens, mais de 60% das visualizações acontecem num ecrã móvel.

Aponta o estudo que a qualidade prevalece como a principal característica para os consumidores portugueses, com um em cada quatro a admitir que estão dispostos a pagar por qualidade Ultra HD e 4K.

Os portugueses mostram-se, ainda, mais satisfeitos com os serviços de TV/vídeo on-demand quando comparados com os serviços de TV tradicionais, ou seja, lineares. Os consumidores apontam como fatores vantajosos o conteúdo, a flexibilidade e o preço, sendo que os serviços tradicionais são considerados mais satisfatórios apenas pela qualidade.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Liga-te com o Coração

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing