Secção Publicidade

TV em diferido também conta para as audiências

A partir de hoje, 15 de fevereiro, o consumo diferido de televisão passa a ser incluído na medição de audiências. A alteração ao sistema de audimetria da CAEM/GfK é justificada com a necessidade de garantir que as audiências televisivas refletem de forma mais precisa os hábitos de consumo.

segunda, 15 fevereiro 2016 12:07
TV em diferido também conta para as audiências

É que – argumenta a comissão – "o acesso a tecnologia de gravação de vídeo e, essencialmente, o acesso, através das plataformas de TV por subscrição, a boxes digitais com disco rígido incorporado ou com acesso à cloud e ainda à capacidade de algumas boxes poderem dar acesso ao visionamento diferido da emissão até 7 dias depois de esta ocorrer tornaram mais fácil do que nunca, para os telespectadores, o visionamento da programação que querem, quando querem".

A partir de agora, para garantir que os visionamentos em direto (Live) e diferido (Time Shift Viewing) são incorporados nos dados de audiências, é armazenado todo o conteúdo de transmissão, de cada canal, durante sete dias após a emissão.

O sistema identificará a programação visionada em diferido, nos lares do painel, e a sua coincidência com o conteúdo que foi transmitido durante aquele período de sete dias, incluindo a respetiva publicidade.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing