Media

Luís Marinho deixa RTP

O ex-administrador da RTP Luís Marinho, até agora responsável pelo gabinete de projetos especiais, deixa a estação ao fim de 15 anos. Nesta saída, o jornalista critica o estado atual da empresa.

quinta-feira, 01 setembro 2016 13:34
Luís Marinho deixa RTP

Numa carta enviada aos trabalhadores da RTP, Luís Marinho começar por dizer que "não era esta a forma, nem esta a altura que esperava abandonar a empresa" à qual se dedicou nos últimos 15 anos. "Mas a nova governação inventada pelo ministro (Miguel Poiares) Maduro, cumprindo a missão que lhe tinha sido cometida, ao demitir o anterior Conselho de Administração e nomeando o atual, criou todas as condições para abreviar a minha estadia na RTP", refere o jornalista.

"Depois de ser afastado das funções que exercia, recebi, ao longo dos últimos meses, recados mais ou menos discretos no sentido de se criarem 'condições extraordinárias' caso encarasse a hipótese de sair da empresa. E a vontade do Conselho de Administração acabou por se concretizar, ao aceitar as 'condições extraordinárias' que propus", continua.

O jornalista critica ainda o estado atual da estação pública, que, afirma, "caminha a passos largos para a total irrelevância, em nome de uma suposta qualidade que talvez alguns amigos consigam vislumbrar".

"A atual situação deixa-me triste, mas continuo a acreditar que os verdadeiros profissionais da RTP não vão baixar os braços e serão capazes de reerguer a empresa. Não vai ser fácil, sobretudo se a atual governação renovar o mandato que termina no final de 2017", refere.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

quinta-feira, 01 setembro 2016 13:41

bt nl

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing