Media

43% dos Portugueses consomem televisão e internet no horário nobre

tvˍcomandoˍp.jpg
Em lares com Internet e televisão, 43% dos portugueses estão simultaneamente ligados aos dois meios, em horário nobre.
domingo, 29 novembro -0001 23:23
A conlusão é de um estudo desenvolvido pela MediaCom e a Consulmark que se debruçou sobre os portugueses residentes em Grande Lisboa e Grande Porto, que vêem televisão entre as 20h e 24h e que têm Internet em casa.

O estudo revela que 92% dos inquiridos que possuem Internet em casa costuma ver televisão no horário nobre. A maioria dos jovens (16-24 anos) também tem por hábito ver TV neste horário (88%).

Quando questionados acerca do número de horas a que assistem TV no prime time, duas horas é o tempo mais vezes referido por todos os inquiridos (39%). É na faixa etária com mais de 35 anos que se encontram a maior percentagem de entrevistados a ver 4 horas de TV (11%), número que desce para 8% na faixa etária dos 25-34 e 5% nos jovens (16-24 anos).

Contudo, são os jovens que afirmam estar mais tempo ligados à internet dentro do horário nobre. Destes, 29% costuma estar quatro horas a navegar na Internet enquanto apenas 5% dos indivíduos com mais de 35 anos dedicam o mesmo número de horas a este meio.

Os jovens são também os que revelam maior propensão para a utilização conjunta destes meios (62%), seguido dos indivíduos com idades entre os 25 e 34 (52%). Nos indivíduos com mais de 35 anos este hábito não está tão enraizado (29%). No que respeita às duas grandes áreas urbanas, 47% dos inquiridos da Grande Lisboa afirmam utilizar os dois meios simultaneamente enquanto no Grande Porto esta percentagem desce para 35%. Este número é também mais elevado no caso dos homens (46%) do que nas mulheres (39%).

O estudo mostra que o tempo médio consumido em horário nobre pelos inquiridos que só vêem Televisão é de 1h50m. Para os inquiridos que consomem simultaneamente televisão e internet este tempo sobe para 2h07.

No que respeita ao uso que fazem da Internet enquanto estão a ver Televisão as actividades preferidas dos inquiridos são o correio electrónico (75%), a procura de informação (67%) e as redes sociais (58%). A utilização das redes sociais ganham especial destaque quando os entrevistados são jovens (71%). É de notar também que este tipo de comunicação assume maior relevância entre as mulheres: 67% das mulheres entrevistadas refere utilizar as redes sociais contra 51% dos homens.

Nas palavras de Bruno Saraiva, responsável da MediaCom Interaction, “o resultado para pesquisas de informação neste período horário, vem confirmar que as pessoas são muito susceptíveis aos anúncios de TV em prime-time, pois reagem de forma rápida, procurando mais informação sobre os produtos. Este é um factor que temos em atenção nas estratégias digitais dos nossos clientes: o prime-time e a influência deste nos motores de pesquisa”.

O estudo foi realizado pela Consulmark junto de 438 indivíduos com idades compreendidas entre os 16 e 50 anos residentes nas regiões da Grande Lisboa e do Grande Porto. A recolha de informação decorreu entre 30 de Março e 5 de Abril de 2010, através de entrevistas telefónicas.

Fonte: MediaCom

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing