Media

Editores rejeitam audiências bimestrais do Bareme

Editores rejeitam audiências bimestrais do Bareme
A Associação Portuguesa de Imprensa (API) rejeitou a proposta para o aumento da periodicidade do Bareme Imprensa, estudo de audiências realizado pela Marktest, das actuais três vagas anuais para seis vagas bimestrais.
domingo, 29 novembro -0001 23:23
O motivo para esta rejeição terá sido o aumento de custos que esta acarretaria. Esta solução foi colocada à consideração dos responsáveis das empresas pela Marktest em Julho, depois da Cofina ter manifestado o interesse na existência de um relatório bimestral. Se assim fosse, o Bareme passaria a ter a mesma periodicidade que a dos dados fornecidos pela Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e de Circulação, que indicam a circulação e o número de vendas de cada publicação auditada. Esta solução permitiria cruzar os dados das vendas das publicações com os valores das audiências e consequentemente, segundo os defensores da proposta, propor um retrato mais fiel das audiências de cada publicação. Os anunciantes seriam, por isso, também beneficiados, podendo avaliar de forma mais realista os investimentos.

Fonte: Jornal de Negócios

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing