Media

Jornais crescem… no digital

Os jornais portugueses registaram uma quebra nas vendas em banca nos primeiros oito meses do ano, menos 18.585 que no período homólogo. Já as assinaturas digitais aumentaram: mais 5.466 que no ano passado. Os dados são do último relatório da Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação (APCT).

terça, 31 outubro 2017 13:32
Jornais crescem… no digital

 

Entre janeiro e agosto, as vendas caíram para 277.533, dos quais 46.452 são vendas online. No mesmo período de 2016 venderam-se 296.118 exemplares, tendo o digital uma fatia de 40.986.

Os jornais Correio da Manhã, Diário de Noticias, Jornal de Noticias, Público e o Expresso venderam 277.557 exemplares (média por edição), menos 18.561 do que no ano passado.

O Correio da Manhã lidera a circulação impressa paga, com 88.670 exemplares, e tem a maior quebra vendas em papel (menos 10.439 que em 2016). No digital, o Expresso lidera a circulação paga, com 22.674 de média diária.

Quanto às revistas, a Visão mantém a liderança da circulação impressa, com a venda média de 57.810 exemplares (-7,44%), enquanto a Sábado vende em média 41.168 (-7,12%).

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing