Media

(Des)acordo nas audiências: APAN critica operadores

A APAN acusa os operadores de televisão em sinal aberto de romperem unilateralmente o consenso existente há oito anos na Comissão de Análise de Estudos de Meios (CAEM). A associação de anunciantes reagiu assim ao novo acordo celebrado com a GfK para a medição de audiências televisivas anunciado pela RTP, SIC e TVI.

sexta, 09 novembro 2018 16:12
(Des)acordo nas audiências: APAN critica operadores

 

De acordo com a APAN, aquele consenso “permitiu o estabelecimento de soluções técnicas merecedoras da confiança de todos os interessados, contribuindo para o desenvolvimento da atividade publicitária e facilitando o financiamento da atividade televisiva”.

“Os anunciantes não aceitam e lamentam que seja colocada em causa uma instituição de autorregulação como a CAEM que tem dado provas da sua utilidade e que possa, assim, ficar abalada a confiança gerada ao longo dos últimos anos”, pode ler-se em comunicado.

Citada no documento, a secretária-geral da APAN, Manuela Botelho, sublinha que a associação “foi sempre intransigente na defesa de um modelo de medição de audiências fiável e transparente, adaptado aos novos desenvolvimentos tecnológicos, já que eles são incontornáveis para planear e aferir os resultados dos investimentos feitos na promoção de produtos e serviços”.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing