Media

Que liberdade para as marcas? Uma reflexão na B116

No mês em que, em Portugal, se celebra a liberdade, fomos saber o que move as marcas a adotarem causas, se há temas tabu e amarras publicitárias ou, se pelo contrária, as asas da criatividade e da comunicação se podem esticar à vontade. United Colors of Benneton, Dove e Gillette são três exemplos que têm alimentado a controvérsia e que dão testemunho das suas razões.

quarta, 24 abril 2019 13:23
Que liberdade para as marcas? Uma reflexão na B116

 

E sobre os limites (ou não) pronunciam-se a secretária-geral da Associação Portuguesa de Anunciantes (APAN), Manuela Botelho, a presidente do Clube de Criativos de Portugal, Susana Albuquerque, e o presidente da Auto Regulação Publicitária, Nuno Pinto de Magalhães. Não há convergência total, mas há margem para entendimento.

E entendimento é, porventura, o que se espera da Portfolio Night, iniciativa integrada no Festival do CCP, de que a Briefing é media partner, e que coloca frente a frente 25 diretores criativos e muitos mais candidatos a entrar na indústria. O formato é o de speed dating e o mentor desta noite, Kevin Swanepoel, presidente do The One Club, explica os méritos.

(Re)Conhecidos são os méritos das marcas que se orgulham de ostentar o vintage como elemento diferenciador: Ach Brito, Benamôr, Bordallo Pinheiro, Clarim, Confiança e Dr. Bayard guiam num regresso ao passado. Será que quanto mais velhas, melhor?

Já a Picolé Limão tem ainda de fazer o seu caminho até chegar a este patamar. Apenas porque é uma marca jovem. E é também uma marca portuguesa, com certeza, que nasceu da vontade de duas bloggers – Ana Gomes e Sílvia Pereira.

A propósito de vontade, foi o querer regressar a Portugal após uma vida a correr mundo que levou André Fernandes e Rita Chantre, ele chef, ela fotógrafa, a abrirem o Attla. Em Alcântara, abriu, assim, portas um restaurante apostado na sustentabilidade e que, além de um negócio, é um projeto de vida.

Talvez se possa dizer o mesmo das razões que levam Pedro Vieira, copy da VMLY&R, a entrar em corridas Ironman. Conta já com cinco provas no currículo, como mostra no seu Lado B.

Também em registo pessoal, tirámos a Impressão Digital à diretora de Marketing da Whirlpool em Portugal, Sandra Rodrigues. Partilha os seus gostos, de lugares, leituras e muito mais.

Como habitualmente, há lugar para a opinião: de José Vaz Ferreira, professor de Economia da Universidade de Coimbra; de Oliver Perez, marketeer e formador APAN; da designer Sandra Cameira; e do cofundador da Academia da Privacidade, Filipe Lacerda.

E, a finalizar, ficam sugestões para estar Out of Office.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing