Media

Parlamento vai ouvir ERC sobre Publicidade do Governo

jornais220.jpg
O presidente da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) vai ser ouvido no Parlamento, a propósito de notícias sobre a colocação de publicidade institucional nos jornais e na sequência de um requerimento do CDS-PP.
domingo, 29 novembro -0001 23:23

O partido pretende que sejam esclarecidas informações divulgadas na semana passada pela revista Sábado, que adiantava ter havido discriminação por parte do Governo e organismos públicos na distribuição de publicidade institucional a jornais nacionais.

O CDS-PP está "muito preocupado" com uma série de questões que envolvem os meios de comunicação social, disse à Lusa a deputada Cecília Meireles.

Os deputados querem também conhecer o "andamento do processo de averiguação da ERC à suspensão do 'Jornal de Sexta' da TVI", bem como a alegada intromissão de pessoas próximas do primeiro-ministro no semanário Sol, denunciada pelo director no mesmo artigo da revista.

"Uma pessoa do círculo próximo do primeiro-ministro e que conhecia muito bem a situação do jornal e a nossa relação com o banco BCP disse-nos que os nossos problemas ficariam resolvidos se não publicássemos a segunda notícia do Freeport", disse José António Saraiva citado pela Sábado.

Por fim, o CDS-PP pretende ouvir a entidade sobre as falhas da RTP no cumprimento das regras do pluralismo político-partidário.

A ERC aprovou este mês uma deliberação em que "insta a RTP a cumprir com maior rigor o pluralismo político-partidário, em particular no que respeita à representação dos partidos políticos, com e sem representação parlamentar, cujos valores mais se afastam dos valores-referência definidos pela ERC".

A audição do presidente da ERC ainda não tem data marcada.

Fonte: Lusa

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing