Media

Um plano, pede a Plataforma de Media Privados

A Plataforma de Media Privados (PMP) reclama do governo um programa de ação dirigido ao setor, à semelhança do que foi aprovado para o turismo e para a cultura. “Não esperamos menos”, sustenta, em comunicado, referindo-se aos “profundos impactos” da atual crise sobre os meios.

sexta-feira, 20 março 2020 10:45
Um plano, pede a Plataforma de Media Privados

 

“Apesar de encarar positivamente as medidas anunciadas pelo governo no tocante à flexibilização das contribuições tributárias, registamos que nada é avançado para eliminar a situação de imoralidade fiscal de que beneficiam as plataformas e outros concorrentes globais instalados no nosso território”, observa a plataforma, considerando que a introdução de obrigações sobre aqueles atores “permitiria, a um tempo, mitigar os efeitos orçamentais negativos da crise e introduzir decência no mercado, agora especialmente fragilizado”.

Constituída pelos grupos editoriais Cofina, Global Media, Impresa, Media Capital, Público e Renascença, a PMP chama a atenção para “a quebra pronunciada de receitas, os fortes acréscimos de custos, as dificuldades na produção, logística e distribuição de publicações”.

Mas sublinha que “o estado de emergência em vigor não deve colocar entraves ao funcionamento da cadeia de valor informativa, da produção à distribuição, incluindo a manutenção dos pontos de venda”.

briefing@briefing,pt

 

sexta-feira, 20 março 2020 10:57

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing