Media

A última vaga do ano é da Comercial

A Rádio Comercial é a rádio mais ouvida em Portugal, na quinta e última vaga do ano, com uma audiência acumulada de véspera (AAV) de 20,1% – o maior valor de sempre –, seguindo-se a RFM e a M80, que atingem 19,6% e 7,6% respetivamente. As conclusões são do estudo Bareme Rádio da Marktest.

quinta-feira, 23 dezembro 2021 10:23
A última vaga do ano é da Comercial

A Rádio Comercial, do grupo Media Capital Rádios (MCR), atinge um valor nunca antes alcançado por uma estação de rádio em Portugal – mais de 20% de AAV. Além disso, reforça a posição de liderança absoluta pela vigésima vaga consecutiva. Nesta última do ano, o share de audiência é de 23,9% e o reach semanal de 39,6%.

Na segunda posição, a RFM, do Grupo Renascença Multimédia, que atinge a sua maior AAV de sempre, tem um share de audiência de 24,6% e um reach semanal de 40,4%. Por sua vez, a M80, da MCR, tem, respetivamente, 9,4% e 19,8%.

A liderança é da MCR, com 30,1% de AAV e 38,7% de share de audiência, traduzindo-se, respetivamente, num aumento de 2,2 e 0,9 pontos percentuais, em relação ao período homólogo do ano passado. Já o reach semanal, é o mesmo, 54%, na última vaga de 2020 e 2021. Seguem-se o Grupo Renascença Multimédia e o Grupo RTP.

“Estes resultados são o culminar de um ano de trabalho muito intenso, onde diariamente nos fomos superando em todas as áreas. Encerramos 2021 com o sentimento de dever cumprido, atingindo os melhores resultados de sempre de uma estação, como a Rádio Comercial, e com os melhores resultados de sempre da MCR. Estamos confiantes que em 2022 estaremos ainda mais fortes”, afirma o CEO da MCR, Salvador Bourbon Ribeiro.

É de salientar ainda a Renascença, que tem vindo a crescer no seu público-alvo (35/54). Já a Cidade FM é líder no segmento mais jovem (15/24), com 4,8% de AAV.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

bt nl

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing