Media

NewsMuseum evoca Zeca Mendonça: uma homenagem aos assessores das marcas partidárias

Ficou conhecido como Zeca Mendonça e é reconhecido como o histórico assessor de imprensa do PSD. A partir de dia 8, é evocado no NewsMuseum, por ocasião do terceiro aniversário da sua morte. Mas, nas palavras de Luís Paixão Martins, presidente da Acta Diurna, promotora do museu, esta homenagem individual é também uma homenagem a todos os que, nos bastidores, contribuem para a performance das marcas partidárias.

terça-feira, 05 abril 2022 11:57
NewsMuseum evoca Zeca Mendonça: uma homenagem aos assessores das marcas partidárias

A exposição “Zeca Mendonça: o Assessor de Todos os Líderes” vai ao encontro da principal missão do NewsMuseum – promover o conhecimento dos Media, da Comunicação e do Jornalismo.

Zeca – de seu nome José Luís Mendonça Nunes – “é um bom exemplo”, comenta Luís Paixão Martins, recordando que, durante mais de 40 anos, foi assessor mediático do PSD, tendo desempenhado, nos bastidores, funções da maior confiança com os 17 presidentes do partido que se sucederam.

“Esta nova exposição é simultaneamente a evocação de um profissional de referência e uma homenagem a todos aqueles que, nos bastidores, contribuem como assessores e consultores para a expressão da prática política e a performance das marcas partidárias”, sublinha.

A evocação vai ser liderada pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e estão confirmadas as presenças de muitas das principais figuras do partido que conviveram de perto com Zeca Mendonça, como Francisco Pinto Balsemão, Manuela Ferreira Leite, Luís Marques Mendes, Luís Montenegro, Jorge Moreira da Silva, Carlos Moedas, José Luís Arnaut e Carlos Coelho.

Em formato audiovisual, dá a palavra a líderes que com ele conviveram, como Aníbal Cavaco Silva, José Manuel Durão Barroso, Luís Filipe Menezes, Pedro Passos Coelho, Pedro Santana Lopes, Rui Machete, Rui Rio, entre outros.

Zeca Mendonça esteve no PSD desde a sua fundação e dedicou a sua vida profissional ao partido durante mais de quatro décadas. Tornou-se funcionário do então PPD em 1974, quando integrou a lista de cinco mil subscritores da sua legalização. Começou por trabalhar como segurança, mas, a partir de 1977, tornou-se assessor de imprensa. No fim da sua vida, integrou a equipa de assessoria de Marcelo Rebelo de Sousa, na Presidência da República.

 

NewsMuseum evoca Zeca Mendonça

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

bt nl

2050.Briefing

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing