A McDonald’s dá um “UP” aos estudos

A McDonald’s inicia a quarta edição do Projeto “UP” – Programa Nacional de Bolsas de Estudo da McDonald’s Portugal. Este ano está previsto que o valor atribuído por bolsa seja duplicado para os 1000 euros, por ano letivo.

A McDonald’s dá um "UP" aos estudos

Esta iniciativa existe desde 2008, sendo que, em 2020,  o programa adquiriu uma escala nacional. Desde então, a empresa atribui anualmente mais de 200 bolsas de estudo, apoiando os seus colaboradores a ingressar ou a terminar o ensino superior nas suas áreas de interesse. Até ao momento, incluindo esta edição, já foram atribuídas mais de 800 bolsas de estudo, num investimento superior a meio milhão de euros.

De forma complementar, também muitos franquiados repercutem localmente este compromisso, através da atribuição adicional de bolsas de estudo para os seus colaboradores. Assim, no conjunto, são mais de 250 as bolsas atribuídas por ano. A diretora de Recursos Humanos, Sofia Mendoça, afirma que este projeto mostra que que há “um forte compromisso com as nossas pessoas, com o seu desenvolvimento pessoal e profissional”.

“O ‘UP’ – Programa Nacional de Bolsas de Estudo McDonald’s é um exemplo de como as preocupações entre o setor privado e o setor público são semelhantes e transversais: não só na prioridade atribuída à formação superior, bem como ao apoio monetário a quem mais precisa”, disse a ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato, que esteve presente na apresentação da edição deste ano. “Partilhamos ambos o sentido de missão de promover a equidade e as oportunidades de mobilidade social, nomeadamente através da criação de melhores condições de acesso ao ensino superior”, acrescenta.

Quarta-feira, 18 Outubro 2023 12:03


PUB