Altice denuncia “pressão sem precedentes” e confia na AdC

A Altice denunciou hoje, em comunicado, o que considera ser a “pressão sem precedentes que impendeu sobre os reguladores, nas últimas semanas, por parte de concorrentes, que utilizaram os seus meios de comunicação pata veicular os seus próprios interesses”.

 

Esta posição foi emitida depois de conhecido o comunicado da ERC – Entidade Reguladora da Comunicação, que, não tendo chegado a consenso sobre o negócio de aquisição da Media Capital, remeteu a decisão para a Autoridade da Concorrência (AdC).

O grupo francês detentor da Portugal Telecom e da MEO sustenta, neste contexto, que a AdC “é quem melhor se posiciona para analisar esta transação na sua totalidade e determinar se, e que, condições serão necessárias”. “O enquadramento regulatório português e europeu é bastante claro e este caso deverá ser analisado apenas com base nos factos e no mérito”, acrescenta, sublinhando estar “plenamente confiante de que a AdC irá analisar a transação de forma objetiva, de acordo com as já bem consolidadas leis portuguesas e europeias”.

briefing@briefing.pt

 

Quarta-feira, 18 Outubro 2017 11:45


PUB