Como seria o mundo sem publicidade? A Teads mostra-lhe

Depois de a Apple ter autorizado o download de ad blockers para dispositivos móveis, a Teads TV criou um manifesto a favor da publicidade. Para tal criou um vídeo e um website, que imaginam como seria o mundo se não existissem anúncios.

Na campanha “A publicidade importa” são dadas várias consequências da inexistência de anúncios, como o fim das opções, do entretenimento, da informação, das conexões e, por fim, das coisas que as pessoas amam. Já no website, a Teads TV está a realizar um inquérito para recolher a opinião do público relativamente ao uso de publicidade.

Eric Tourel, vice-presidente sénior da Teads América Latina, explica que o objetivo é lembrar o público de que “a publicidade financia tudo que amamos na internet, e que é difícil imaginar um mundo sem ela porque, como sociedade, estaríamos regredindo e não progredindo”.

“Todos entendemos que os media precisam da receita desses anúncios para sobreviver, mas se as partes interessadas da indústria continuarem a empurrar formatos invasivos, que comprometam a experiência do utilizador, os media poderão enfrentar a extinção”, conclui o profissional.

briefing@briefing.pt 

Segunda-feira, 12 Outubro 2015 09:33


PUB