Corro como uma menina. E depois?

Depois da Unilever, com os multipremiados “Retratos da beleza real”, para a Dove, chegou a vez de a rival Protec & Gamble assumir a missão da autoestima feminina. E fá-lo com uma campanha em que pretende derrubar alguns mitos.

“Desde quando é que fazer algo ‘como uma menina’ é um insulto?” pergunta a marca, na campanha “Like a Girl”, nomeadamente no vídeo assinado por Lauren Greenfield, vencedora do Sundance Film Festival com “The Queen of Versailles”.

No vídeo, adultos e um rapaz são convidados a fazer coisas “como uma menina”, nomeadamente correr ou lançar uma bola. E o resultado são esforços fracos e estereotipados. Depois, meninas na pré-adolescência são convidadas a fazer o mesmo. O que fazem com esforços sérios.

A marca fez um estudo e concluiu que a confiança das raparigas cai a pique durante a puberdade, o que se propõe mudar com esta iniciativa.

briefing@briefing.pt

 

Sexta-feira, 27 Junho 2014 11:46


PUB