Portugal tem Action. Falámos com o diretor regional

A Action abriu a sua primeira loja em Portugal, em Vila Nova de Gaia. Este é o 12.º país europeu a receber a retalhista holandesa. A Briefing falou com o diretor regional do Benelux, Alemanha, Itália, Espanha e Portugal, Bart Raeymaekers, que revela que estão planeadas mais aberturas para os próximos meses.

A Action chega a Portugal e nós falámos com diretor regional

Briefing | Qual a importância estratégica do mercado português?

Bart Raeymaekers | É com muito orgulho que abrimos a nossa primeira loja em Portugal. É um mercado importante para a Action, onde vemos muito potencial. Aprendemos que os portugueses estão atentos e preocupados com a relação com os custos – o que se enquadra perfeitamente na nossa filosofia e nos preços baixos que praticamos nas lojas.

O que é que as pessoas podem esperar da Action?

Nas nossas lojas, é possível encontrar seis mil produtos de 14 categorias aos preços mais baixos. Semanalmente, introduzimos 150 novos produtos – garantindo a sua relevância – que respondem às diversas necessidades e preferências dos clientes. Dispomos de 1.500 artigos por menos de um euro. Mais de dois terços de todos os produtos custam menos de dois euros.

Além disso, como retalhista líder em descontos, a Action sente-se responsável por melhorar de forma contínua os seus produtos, a sua cadeia de distribuição e as suas emissões de CO2. Os produtos são melhorados através da redução da sua pegada de carbono e do aumento da sua circularidade. Todos os produtos de cacau de marca própria já são feitos a partir de grãos de cacau cultivados de forma sustentável e de origem fair trade, 100% dos produtos de algodão e 94% dos produtos de madeira são de origem sustentável. A Action espera atingir o seu objetivo de que o fornecimento de produtos de madeira seja 100% sustentável até o final de 2024.

O que difere a Action da concorrência?

A Action tem um conceito único e os clientes adoram. O foco está nos clientes. Uma visita à loja é como uma caça ao tesouro. Isso é exatamente o que nossos clientes adoram na Action. Aqui, eles conseguem encontrar quase tudo o que precisam para o dia a dia e também muitos itens que facilitam a sua vida. Os nossos clientes sabem simultaneamente que podem comprar a preços mais baixos e de forma consciente, uma vez que cada vez mais produtos nas nossas prateleiras são provenientes de fontes sustentáveis.

Além da nossa fórmula poderosa, o nosso sucesso como empresa depende inteiramente do entusiasmo e do compromisso dos nossos colaboradores. Eles são responsáveis pelas lojas e auxiliam na jornada dos clientes todos os dias. Independentemente das nossas diferentes origens ou posições dentro da empresa, todos partilhamos os valores da Action: foco no consumidor, trabalho em equipa, consciência dos custos, simplicidade, disciplina e respeito. Estes são o pilar do nosso sucesso, pois fornecem a base para a nossa interação uns com os outros: com os nossos clientes e parceiros de negócios.

Qual a razão da escolha de Vila Nova de Gaia para a primeira loja?

Temos muito cuidado na escolha das nossas localizações. O espaço no Canidelo cumpre todos os critérios que procuramos na abertura de uma nova loja: área total mínima de 1.000 m2, estacionamento amplo para clientes, zona de grande movimento, boa visibilidade e fácil acesso. Consideramos que esta loja seria perfeita para receber os nossos primeiros clientes portugueses e oferecer-lhes a melhor experiência de compra.

Quais os planos para o futuro da Action em Portugal?

Durante os próximos meses, iremos abrir mais lojas Action em Portugal. O nosso foco atualmente é estabelecer bem as primeiras lojas e divulgar a marca Action.

Conduzimos uma extensa investigação de mercado antes de iniciarmos o nosso percurso em Portugal, e iremos realizar mais estudos para determinar como desenvolver uma maior expansão da rede de vendas, especialmente através da entrada em novas regiões. A nossa expectativa é que possamos abrir muitas lojas nos próximos anos a um ritmo constante, mas responsável, com a qualidade e requisitos dos espaços em primeiro lugar.

Simão Raposo

Segunda-feira, 04 Março 2024 11:32


PUB