Think Big, Act Small

 Think Big, Act SmallApesar de os portugueses serem, na União Europeia, dos que mais arriscam em termos de empreendedorismo, Portugal tem uma das menores taxas de sobrevivência entre as empresas mais jovens. Tendo este cenário bem presente importa refletir de forma prática sobre o que separa quem cresce e prospera de quem definha e desaparece e o que determina o sucesso ou o que leva ao insucesso. A Comunicação é um bom exemplo de um fator crítico para o sucesso.

Foi no decorrer da nossa relação com a Associação Acredita Portugal e com os candidatos e vencedores dos seus concursos de empreendedorismo que concebemos a “GO>360 – PR4Startups” – uma metodologia desenvolvida para ser aplicada à conceção das estratégias de comunicação de negócios startup. Nestas interações repetimos vezes sem conta que uma estratégia de comunicação bem delineada é uma componente chave do marketing de qualquer startup, uma vez que as ações certas ajudam à descodificação do produto ou do serviço, a construir reputação, confiança e credibilidade, e sedimentam um interesse sustentável, contribuindo para a longevidade das marcas.

Esta reflexão sobre como as marcas podem contar a sua história, encontrando uma voz própria que faça de uma mensagem clara e simples algo de interessante e único, adquire um carácter essencial numa estratégia integrada que tenha como objetivo potenciar o sucesso a longo-prazo de uma organização. Ao mesmo tempo, permite dotar os responsáveis na mesma do know-how e soluções para responder aos desafios da Comunicação, num contexto altamente dinâmico e em que a apetência do público pela interação é cada vez mais visível.

Esta é uma missão partilhada por todos os agentes do ecossistema do empreendedorismo, não só empreendedores e gestores, como responsáveis por incubadoras e polos de aceleração e agências de comunicação com uma particular apetência para trabalhar a Comunicação neste âmbito, que encerra desafios e necessidades específicos. As soluções a encontrar beneficiam, deste modo, de um contributo de carácter alargado e do input de competências complementares.

Confrontadas com o crescente grau de competitividade encontrada no mercado, torna-se necessário para as empresas desenvolver metodologias mais fortes para a geração de oportunidades de negócio que lhes permitam consolidar uma postura de diferenciação.

Esta vertente de reconhecimento tem origem na capacidade de criar um discurso original, que permita associar experiência, know-how e relação com a comunidade. Integrar a Comunicação na estratégia possibilita categorizar e enquadrar as soluções num discurso coerente, um fator crucial para alinhar a marca e a sua mensagem às questões e necessidades do público com quem atua e para quem se dirige.

Mais do que um pré-requisito, a Comunicação é essencial para as empresas que pretendam conquistar destaque e reconhecimento num mercado cada vez mais competitivo e voraz. Qualquer boa ideia passa pela transformação de ser apenas um projeto teórico para algo concreto que será alvo de avaliação dos públicos. Este contacto e a relação que se pretende criar implicam contar uma estória que permita criar uma ligação efetiva e afetiva.

Quinta-feira, 07 Julho 2016 10:18


PUB