Opinião

quinta, 29 dezembro 2016 11:27

O mito suburbano

Pedro Batalha, partner da Kiss

O mito suburbanoHavia uma pequena viela que ligava o Bairro das Pedras à Avenida da República. Era um caminho estreito, com um muro alto de um lado e grandes arbustos do outro. Para o atravessar eram precisos exatamente 52 passos.

quarta, 07 dezembro 2016 11:23

Como podem as PME potenciar o seu negócio na época natalícia?

Katherine Shappley, Facebook Head of SMB North America

 Como podem as PME potenciar o seu negócio na época natalícia? A época de compras de natal é um momento importante para as pequenas empresas. De acordo com os dados dos EUA de 2015, quase 20% das vendas anuais de algumas lojas acontecem durante esse período.

quarta, 09 novembro 2016 12:32

Em vez de uma criança linda, criámos um monstro

Mário Rui Silva, CEO da Happy Brands

Mário Rui Silva, CEO da Happy Brands Com mais de 30 anos na indústria publicitária, permito-me fazer um flashback destes últimos anos e do que considero que correu mal e poderia ter corrido melhor. Literalmente, tudo mudou em três décadas.

segunda, 12 setembro 2016 13:11

Um conteúdo que marca

José Amaral, diretor comercial e de novos negócios da SP Televisão

 Um conteúdo que marcaExiste uma realidade no mercado audiovisual português que passa pela presença diária de um conteúdo de ficção que contacta diariamente com 1.200.000 a 1.500.000 de telespetadores.

Aliado a este fato, este conteúdo tem permanência exibicional durante vários meses e sempre em horário nobre.

segunda, 18 julho 2016 12:26

Como conhecer melhor o meu cliente?

Jorge Teixeira da Silva - Lead Service Designer, Growin Innovation

Como conhecer melhor o meu cliente?Parece uma questão simples de responder, mas de facto será que as empresas conhecem os seus clientes? Uma das respostas mais comuns que recebo nas conversas com as empresas é que já integraram nos seus processos formas de conhecer o cliente: focus groups, estudos de mercado, questionários de satisfação de clientes... Mas será de facto este o modelo correto para conhecer o meu cliente?

quinta, 07 julho 2016 11:18

Think Big, Act Small

Marta Gonçalves, managing partner da Say U Consulting

 Think Big, Act SmallApesar de os portugueses serem, na União Europeia, dos que mais arriscam em termos de empreendedorismo, Portugal tem uma das menores taxas de sobrevivência entre as empresas mais jovens. Tendo este cenário bem presente importa refletir de forma prática sobre o que separa quem cresce e prospera de quem definha e desaparece e o que determina o sucesso ou o que leva ao insucesso. A Comunicação é um bom exemplo de um fator crítico para o sucesso.

segunda, 04 julho 2016 12:12

Tornar as TI seguras

João Dessa, Sales Manager B2B Toshiba Portugal

Tornar as TI seguras Os CIO de hoje são confrontados com um cenário de constante evolução das TI, o que traz consigo oportunidades e riscos em igual medida. Por cada novo dispositivo que assegura produtividade acrescida e a capacidade de trabalhar a partir de qualquer lugar, há também mais uma potencial brecha na segurança do negócio.

quinta, 23 junho 2016 13:13

Competitividade na era da transformação digital

Alberto Manuel digital architect da Microsoft South Africa

Competitividade na era da transformação digital Nos últimos anos temos assistido à evolução de um conjunto de forças tecnológicas, nomeadamente, "cloud", "social", "mobile", "big data" e ultimamente a "Internet of things". Como resultado do consumo de informação em dispositivos móveis, o comportamento das pessoas tem causado uma convergência destas forças, ao ponto de esta onda de transformação tecnológica conduzir a que, até 2025, cada setor da indústria como um todo se transforme num negócio integralmente digital1.

quinta, 16 junho 2016 12:00

Um dia é da caça, outro do algoritmo

Paula Cordeiro, Investigadora

Um dia é da caça, outro do algoritmoNo mundo de hoje, ignorar o poder dos algoritmos é ignorar deliberadamente a estrutura de relações sociais, culturais, profissionais, económicas e políticas que definem a nossa sociedade. Os sites de redes sociais, na sua auto-gestão e regulação, adaptaram continuamente as suas características, modificando o algoritmo que os definem em função de interesses que nem sempre conseguimos decifrar.

Pág. 3 de 45

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing