×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 87

Opinião

segunda-feira, 29 agosto 2011 10:54

Era uma vez uma marca

Super User
Foto_Gonalo_Felix_da_Costa

Quando alguém, de baixo, gritava, “a marca vai nua!” ela desdenhava e mantinha o passo, altiva e serena até porque dificilmente nos tempos que corriam, as vozes de burro chegariam ao céu. Até que numa Primavera qualquer, o que alguns previam e outros temiam, aconteceu.
sexta-feira, 05 agosto 2011 15:35

Acessível e com retorno

Super User
Pedro_Guimaraes_p
Pedro Guimarães, director geral da PacSis, fala de uma nova solução no campo das ferramentas de marketing e uma renovada forma de utilizar correio não endereçado para obter mais informação e melhores resultados para as marcas. Trata-se do IDropTM, o qual permite o envio, para casa dos consumidores, de ofertas promocionais personalizadas.
segunda-feira, 01 agosto 2011 09:58

O espião não devia ter saído do frio

Hermínio Santos
lpm_-_pequena

No pequeno grupo de consultoras que lidero, uma há que se dedica à monitorização dos Social Media. Chama-se Cloud Metrics, é ainda uma jovem empresa, e resulta de "joint venture" com a Qmetrics, os grandes especialistas da Qualidade e Satisfação.
segunda-feira, 11 julho 2011 14:11

Fazer acontecer

Rafael Cerveira Pinto
Rafael Cerveira Pinto – Consultor de Marketing

Rafael Cerveira Pinto escreve sobre planeamento estratégico na áera do marketing. Missão, visão, oportunidades, ameaças, forças e fraquezas, relações com os clientes, concorrência, controlo de gestão, abertura à mudança, marca e inovação, marketing, estilo de liderança e fazer acontecer são os tópicos tratados pelo consultor de marketing.
quinta-feira, 30 junho 2011 10:29

A vanguarda da retaguarda

Super User
edson_atahide
Todos os anos, o obituário da publicidade é publicado nos mais diversos lugares. E, todos os anos, alguns milhares de publicitários se reúnem na Riviera Francesa para, entre copos e pratos caros, decidirem se essa morte anunciada é verdadeira ou não. Pelo que vi este ano, não. Ainda não.
segunda-feira, 27 junho 2011 12:45

A Marca “Social”: o despertar das grandes marcas globais para a “Revolução Social”

Super User
manuel_faisco_grand_union_p
“Os social media não são um hype, estão para ficar”. A opinião é unânime entre os responsáveis pelo web de grandes empresas como SonyEricsson , BMW, L’Oréal, Myspace, Saatchi and Saatchi, que utilizam departamentos de Social Media Marketing para melhor se relacionar, conhecer o cliente, entreter – procurando  assim garantir um canal aberto com o seu consumidor. E fazem-no, para o bem, mas também para o mal.
terça-feira, 14 junho 2011 15:45

"Justiça e Comunicação Social" na óptica de Noronha Nascimento

Luís António Noronha Nascimento

Falar sobre “Justiça e Comunicação Social” é – para além de toda actualidade que o tema pressupõe – despir a pretensa capa de imparcialidade que todos gostam de arvorar e assumir o discurso que a visão parcial de cada um alimenta. Porque, na verdade, pensamos, há muito, que o tandem entre os dois termos (Justiça e Informação) está hoje desequilibrado por razões históricas (e não só) que jamais foram corrigidas.

quarta-feira, 18 maio 2011 10:20

Como escolher a Cor e Forma certas para a imagem da sua empresa

Super User
carlos_lopes_designarte_p
A Identidade Corporativa de uma empresa é muito mais que um conjunto de letras e símbolos aos quais um criativo decidiu juntar uma combinação de cores ou efeitos gráficos, mais ou menos bem conseguidos.
sexta-feira, 29 abril 2011 16:13

Rã publicitária e escorpião anunciante

Super User
eduardo_cintra_torres_p
Se as campanhas na internet são amadoras e as campanhas nos media tradicionais perdem carácter, os publicitários estão em processo suicidário e os anunciantes enquadram-se na fábula de Esopo: o escorpião mata a rã que o leva para a outra margem do rio e morrem os dois, escreve Eduardo Cintra Torres.
quarta-feira, 23 março 2011 10:57

É o tempo das marcas que acontecem e fazem acontecer

Super User
carlos_liz_p
Consumidores e Fornecedores estão de acordo: há demasiadas coisas a acontecer na vida, no mundo, para que as Marcas fiquem na mesma. Ninguém aceita uma Marca distraída, que não percebe o que está a acontecer, que assobia para o lado. Não há lugar para as marcas – papagaio, encantadas com o seu próprio discurso que o repetem incessantemente, fazendo mais do mesmo.
Pág. 56 de 59

bt nl

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing