Opinião

Como escolher a Cor e Forma certas para a imagem da sua empresa

carlos_lopes_designarte_p
A Identidade Corporativa de uma empresa é muito mais que um conjunto de letras e símbolos aos quais um criativo decidiu juntar uma combinação de cores ou efeitos gráficos, mais ou menos bem conseguidos.
quarta-feira, 18 maio 2011 10:20


Para que seja possível obter uma Imagem concisa, lógica e integrada no universo da empresa ou instituição há regras que deverão ser tidas em conta nesse desenvolvimento. De entre essas regras há duas que, embora de cariz aparentemente mais técnico, não deixam de ter a sua importância na criação de uma boa ou má imagem corporativa. São elas as ‘Associações Cromáticas’, ou ‘Psicologia da Cor’, e a ‘Forma’.

A coerência e objectividade da imagem de uma empresa é dada também pela maneira como as formas se conjugam tendo em conta o seu significado e a sua simbologia.

Há assim que ter em atenção o que cada forma simboliza e que género de associações são feitas pelo consumidor.

É sabido, por exemplo, que um quadrado ou rectângulo assente num dos lados é uma forma estática, segura. A mesma forma, mas assente num vértice torna-se insegura e transmite-nos falta de equilíbrio. O triângulo, por outro lado, é uma forma com um carácter mais "violento" (vértices mais acentuados) e consoante a sua posição irá transmitir-nos sensações totalmente diferentes como equilíbrio ou desequilíbrio, segurança ou insegurança, ascensão ou queda.

Por outro lado a circunferência é uma forma mais suave e tem sempre o mesmo carácter. Ela é concentração, núcleo, célula. Obriga-nos a convergir num centro ao qual todos os pontos estão à mesma distância. Ela tem movimento, nunca é estática pois gira em torno de si mesma. Quando se aplica um fundo e incidimos luz para lhe dar volume e torná-la esfera, estamos-lhe a dar um corpo, uma vida. A esfera dá-nos a sensação de espaço pelas suas três dimensões, reforça a ideia de núcleo, é concentrada, coesa e dinâmica e mais importante ainda, é envolvente. Temos ainda mais presente aqui a sensação de movimento, pois associamos uma esfera a uma “bola de jogar”, a uma célula, a um embrião ou a um planeta.

É assim possível, através da escolha acertada da forma, provocar sentimentos e associações específicas perante a Imagem Corporativa de uma empresa.

Tal como as Formas, as cores estão associadas a referências e provocam sensações que são comuns a todos os homens e mulheres. É assim essencial que na criação e posterior desenvolvimento de uma Imagem Corporativa haja um cuidado muito particular na escolha das cores, uma vez que esses tons nos transmitem diferentes sensações afectivas e associações, que serão adequadas, ou não, com aquilo que pretendemos para a empresa.

A cor Azul (constante / verdade), associado ao mar e ao céu, é a cor favorita da maior parte das pessoas. Inspira calma, confiança e harmonia, no sentido de controlo e responsabilidade. É uma tonalidade macia, fresca, segura e confortável, associada ao credível, autoritário, clássico, conservador e seguro. Quem se revê no azul são pessoas sensíveis às necessidades dos outros, confidentes, responsáveis e merecedores de confiança. Inspiram serenidade, paciência e perseverança.

O Verde (natural / agradável) simboliza a regeneração da vida e está ligado a um sentido de odor e frescura, de tudo o que é natural. Quem escolhe o verde são pessoas estáveis e informadas, o protótipo do bom cidadão. São inteligentes e compreendem novos conceitos, embora estejam mais inclinados a fazer o que é popular e convencional, em vez de experimentarem o risco.

O Roxo (paixão / magia) é a cor mais complexa do arco-íris, e, talvez por isso, também o sejam a maior parte das pessoas que o preferem, não conformadas com o estabelecido. Esta cor tem uma aura de mistério e intriga, e traduz uma mistura entre o vermelho excitante e a tranquilidade do azul. Quem prefere o roxo são pessoas que procuram diferenciação, são enigmáticas, criativas, com uma percepção de ideias espirituais.

O Encarnado (poderoso / força) desperta fortes emoções em quase todas as culturas, associado a entusiasmo, dinamismo, perigo e sexo. É a segunda cor mais poderosa, liderada apenas pelo negro. Trata-se de uma tonalidade intensa, dramática, enérgica, agressiva e audaz. Quem gosta do encarnado são pessoas empreendedoras, impulsivas, enérgicas, audazes, optimistas e capazes de abanar tudo à sua passagem.

O Laranja (luminoso / quente) funde o amarelo e o vermelho radiantes, por isso, transmite uma sensação de cor muito quente. Os tons mais brilhantes de laranja são associados a divertimento. Quem escolhe o laranja são pessoas que trabalham arduamente, são entusiastas, expansivas, decididas, extrovertidas e gostam de desafios. Podem alcançar sucesso na vida profissional devido à sua capacidade de lidar com recursos humanos.

É assim natural que os criativos e as empresas tenham especial cuidado na escolha das formas e cores ao desenvolver uma Imagem Corporativa pois estas irão transmitir sensações muito diferentes que serão, ou não, as mais acertadas para o público-alvo pretendido.

Carlos Lopes,
Director de Marketing da Designarte

bt nl

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing