Opinião

Desafios, tendências e oportunidades do marketing digital

Atuo ligada ao mercado digital há cerca de 20 anos como executiva, consultora em desenvolvimento de projetos, professora e palestrante em temas relacionados a estratégias digitais, marketing, comércio eletrónico e transformação digital. Fui responsável pela implantação de uma das primeiras operações de comércio eletrónico do Brasil. São duas décadas acompanhando de perto transformações profundas: desde a ampliação do poder de barganha dos consumidores, às mudanças na relação cliente-empresa, passando pelo crescimento da participação das pessoas via canais interativos, apenas para citar três exemplos.

terça, 12 março 2019 10:54
Desafios, tendências e oportunidades do marketing digital

 

O termo “marketing digital”, em certa medida, ainda é muito recente: foi usado pela primeira vez na década de 1990, há menos de 30 anos. Nesse sentido, ainda existe certa desconfiança de alguns empresários em relação aos resultados. No meu entendimento, é algo bastante natural. Desconhecimento leva a desconfiança. Também é mais cómodo confiar em estratégias “testadas”, porque os resultados já são conhecidos: uma propaganda na televisão, por exemplo, causa menos receio porque é algo a que alguns estão mais habituados.

Outro fator é que as atividades no mundo digital são mais complexas em termos de conhecimentos, técnicas e ferramentas, que nem todos dominam. Na comparação com canais tradicionais, o digital possui valores de investimento muito mais baixos. Funciona para qualquer tipo de empresa, física ou online, e atende a diversos propósitos: expansão de marca, criação de autoridade, geração de leads e, claro, aumento efetivo de vendas.

Quando aplicado em caráter integrado, em sintonia com os objetivos estratégicos, o marketing digital é eficiente e eficaz para geração de novos negócios, e para iniciar ou manter o relacionamento com públicos diversos. Hoje, felizmente, a maioria dos tomadores de decisão compreende que boas oportunidades de vendas e relacionamentos são gerados quando há investimentos adequados numa presença online consistente.

Humanizar-se, no entanto, será um dos maiores desafios do marketing digital neste ano. Cada vez mais, os consumidores interagem em ambientes online como mídias sociais, opinando sobre produtos, serviços e compartilhando as suas experiências em relação a atendimento. Humanizar uma marca é aproximá-la do indivíduo, que possui sentimentos, desejos e expectativas. Fica a dica aos gestores: invistam em estratégias e ações online com viés humanizado. Igualmente importante, recomendo também contratar e capacitar pessoas qualificadas. Por mais criativa que seja uma ideia, por mais estratégica que seja uma ação, os resultados se tornarão sólidos apenas com a seleção e o treinamento de profissionais qualificados.

Por fim, destaco, resumidamente, as principais tendências em marketing digital projetadas para 2019: Profound Marketing, com áreas dentro das companhias atuando de forma integrada e visando objetivos comuns. Automação, elevando o engajamento de clientes e otimizando processos. Influenciadores digitais, principalmente os micro, figurando com mais peso na estratégia de comunicação das marcas. Inteligência competitiva contribuindo cada vez mais para o desenvolvimento de ações inovadoras. Consultoria, com agências indo além da geração de leads via canais pagos e exercendo papel de orientação. Lives e conteúdos em vídeo, que serão essenciais no trabalho de branding e de fidelização dos consumidores.

Sandra Turchi, diretora e fundadora da Digitalents

 

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

segunda, 25 março 2019 12:16

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing