Opinião

Eficácia 4.0

A comunicação de uma marca e a avaliação das suas campanhas pode ser medida sob diversas vertentes. Por um lado, temos a análise da comunicação tradicional em todos os suportes, identificando ocorrências e criatividades nos vários meios tradicionais.

quarta, 20 novembro 2019 09:31
Eficácia 4.0

 

Por outro, esta análise poderá ser complementada pela avaliação da presença da marca noutras vertentes, como, por exemplo, enquanto patrocinadora de eventos, com presença em notícias, nas redes sociais, associada a digital influencers, através de endorsers, ou ainda em ações de product placement/soft sponsoring.

Por último, mas não menos importante, é fundamental para uma marca percecionar a recetividade que o consumidor tem relativamente às suas campanhas, medindo a recordação, a memorização e agrado da publicidade.

Os Prémios Eficácia, promovidos pela APAN, têm como objetivo o reconhecimento da excelência na comunicação. Centrados no trabalho entre anunciantes e agências, são considerados para a atribuição destes prémios os objetivos, estratégias e os resultados alcançados pelas campanhas de comunicação.

É evidente que, quando analisamos uma campanha, nunca poderemos perder de vista a componente emocional, mas, na era dos algoritmos, da inteligência artificial, da digitalização e da “pulverização” de plataformas de comunicação, medir a sua eficácia exige o domínio das novas tecnologias. Nos últimos anos, temos assistido não só ao aperfeiçoamento das tecnologias, mas também ao aparecimento de novas ferramentas. Relativamente à publicidade digital e a tendência global de forte crescimento, é cada vez mais relevante e necessário para a indústria da comunicação ter acesso a ferramentas com métricas padrão de mercado, que desenvolvam a medição das campanhas online de forma rigorosa e independente.

São estas novas ferramentas que, contribuindo para uma melhor análise dos investimentos publicitários por meio, marca, setor, data e outros detalhes, possibilitam conhecer e interpretar a comunicação de uma marca e da sua concorrência.

Hoje é possível medir, com “eficácia”, o impacto e a eficiência das campanhas publicitárias e a exposição das marcas em diversas plataformas de comunicação, desde os programas aos blogues, passando por notícias e redes sociais.

Relativamente à exposição em programas de televisão, esta tem sido uma tendência crescente nos últimos anos. Enquanto algumas marcas optam por este tipo de exposição como complemento à publicidade tradicional, para outras este é um caminho cada vez mais exclusivo. Hoje temos forma de avaliar não só a recordação das marcas presentes nos programas de televisão, como também a monitorização e avaliação dessa exposição efetiva.

Todos estes instrumentos são preciosos para quem faz da comunicação o seu modo de vida e podemos dizer que vivemos em plena era da Eficácia 4.0. Sabemos que o futuro será cada vez mais tecnológico e digital, mas nunca poderemos esquecer que há um ingrediente fundamental que é segredo de qualquer campanha: a emoção. Por mais digitais que sejam os processos e as análises, despertar emoções só se consegue com o talento humano.

José Manuel Oliveira, CEO do Grupo Marktest

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing