Opinião

Marcas: tanto para comunicar sem sair de casa

É o tema do momento e, com todas as implicações que tem, continuará a sê-lo por muito tempo. Com uma grande parte do mundo a lutar contra a propagação da Covid19 a partir de casa, são inevitáveis as alterações que este momento vai ter no comportamento do consumidor e, consequentemente, das marcas, que terão de mudar as suas estratégias de comunicação, marketing e publicidade.

segunda-feira, 30 março 2020 10:42
Marcas: tanto para comunicar sem sair de casa

 

Mesmo a partir de casa ou com uma atuação mais limitada, é altura de as nossas empresas, marcas e todas as organizações se posicionarem e darem uma resposta consistente. Afinal de contas, sabemos que, para muitos setores, março era a entrada nos meses mais fortes do ano e que, por esta altura, os resultados do primeiro semestre já estarão comprometidos.

Além de que, se há momentos que vão ficar para sempre na nossa memória, este será certamente um deles. E, por isso, nem que seja somente um gesto de proximidade, de compreensão face à situação atual ou a partilha de informação útil, há muitas formas que cada marca ou organização pode adotar para se continuar a diferenciar num mundo cada vez mais digital em que muito, mas mesmo muito, pode acontecer a partir de um computador ou dispositivo móvel.

A começar pela comunicação com os colaboradores, que continuam a ser o principal ativo das empresas.  Estes devem ser informados sobre as melhores práticas de prevenção e segurança ou mudanças no funcionamento da empresa, como por exemplo, envio de recomendações, planos de contingência, alterações aos processos no processamento de salários/despesas. E porque não para agradecer o esforço neste momento mais difícil?

Em segundo, no contacto com os clientes. Mesmo com lojas fechadas e campanhas adiadas ou até mesmo canceladas, todos os pequenos gestos contam. E o consumidor vai gostar de saber que as suas marcas preferidas continuam ao seu lado, com ideias inovadoras ou a lançar produtos e serviços estratégicos. E já são muitas as que estão a pensar fora da caixa para fazer a diferença.

Por outro lado, com as compras online a registar um grande crescimento por estes dias, especialmente em categorias como alimentação e bebidas ou material de desporto, ou com o aumento significativo do consumo de conteúdos online/streaming, é fundamental manter uma comunicação constante com o cliente, como, por exemplo, confirmações de operações, disponibilidade de produtos, tracking de encomendas ou validação de titularidade. Em muitas áreas poderá ser igualmente importante proporcionar novos métodos de atendimento/comunicação, como a implementação de atendimentos telefónicos automáticos.

Neste período sem precedentes, os responsáveis de marketing, comunicação e publicidade terão um papel determinante. Cuidar das pessoas, dos seus produtos e clientes será fundamental para a sustentabilidade do negócio das suas marcas. Este não é o tempo de ficar à espera para ver o que acontece. É o momento de arriscar e fazer diferente.

 

 Davide Silva, diretor de Marketing da Sendit

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing