Opinião

Assim se vê a força do CCP

Este artigo é sobre um grupo de militantes. Militantes porque lutam, de forma ativa e convicta, por uma ideia: o poder das ideias. O Clube de Criativos de Portugal (CCP) existe graças a estes ativistas que não defendem uma, mas várias causas: promover a criatividade na comunicação comercial; estabelecer padrões de qualidade na indústria; estimular, apoiar e ajudar a formar as próximas gerações; e facilitar a troca de experiências entre profissionais do meio (estou a roubar palavras do seu site).

quinta-feira, 07 outubro 2021 11:18
Assim se vê a força do CCP

Puro idealismo? Quem acompanhou (física ou remotamente) o XXIII Festival do CCP e a VIII Semana Criativa de Lisboa sabe que eles conseguem levar tudo avante. Ultrapassando as clássicas forças de bloqueio - falta de tempo, de recursos e de apoio da comunidade (não apenas num certo momento), continuam a divulgar, a nível nacional e internacional, o melhor da criatividade portuguesa.

Este ano não foi diferente. Arrisco a dizer que foi melhor. Quando se consegue atingir um número record de trabalhos inscritos (em ano de pandemia); se reúne um conjunto de jurados com experiência nacional e internacional; quando as suas escolhas notam rigor, isenção e critério (quase sinónimos); quando se envolvem anunciantes, media e jornalistas; se premeiam jovens talentos; se realizam conferências e tertúlias com grande propósito e até se conseguem transformar criativos em muito razoáveis apresentadores da cerimóniados prémios... manifestamente, merecem o nosso apoio.

E chega de analogias fáceis. Difícil é mesmo o que conseguem fazer estes camaradas de profissão. Agora, vou ali pagar a quota e pedir o meu cartão.

 

João Navarro, Copywriter na NOSSA

 

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

quinta-feira, 07 outubro 2021 11:31

bt nl

Liga-te com o Coração

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing