Opinião

Learning by Doing: uma rampa para o sucesso

O mundo VUCA (volátil, incerto, complexo e ambíguo) em que nos encontramos exige cada vez mais e melhor preparação por parte dos marketers, por forma a terem a capacidade de tomar decisões rápidas, através de soluções criativas. Por sua vez, o ensino do marketing centrado na experiência e na vivência, denominado por Learning by Doing, constitui-se como uma rampa para o sucesso, seja para os futuros marketers, seja para as empresas.

segunda-feira, 20 dezembro 2021 10:27
Learning by Doing: uma rampa para o sucesso

O método Learning by Doing foi proposto e desenvolvido pelo filósofo e psicólogo norte-americano John Dewey (1859-1952). A metodologia, considerada por muitos como vanguardista para a época, é hoje largamente aplicada no ensino superior, bem como no mundo dos negócios.

Learning by Doing é uma abordagem prática da aprendizagem, ou seja, aprender a fazer ou “meter as mãos na massa”. Por outras palavras, este método traduz-se no ensino baseado numa aprendizagem aplicada a situações reais, como, por exemplo, ir para o terreno entender o consumidor.

Nesta metodologia é ainda possível simular situações que ocorrem no mundo profissional e corporativo, num ambiente protegido, podendo ser acompanhado por um mentor e/ou orientador. Isto possibilita a interligação entre a teoria e prática, saindo da teoria e aplicando os conhecimentos adquiridos numa situação da vida real.

São várias as vantagens da metodologia Learning by Doing e em vários domínios, desde o cognitivo ao emocional, pois esta metodologia assenta em estudar, analisar, medir os resultados, testar e errar. Quando um individuo é confrontado com uma experiência ou desafio, tem de tomar um conjunto variado de decisões, que lhe permitem adquirir maior conhecimento. Por isso, neste processo de aprendizagem baseado na ação, o individuo desenvolve um conjunto de competências transversais, quer de âmbito profissional, quer social e pessoal.

O segredo está em aproveitar esta oportunidade de aprendizagem para crescer e desenvolver um leque de competências, como o autoconhecimento, a capacidade de resiliência, responsabilidade, persistência, trabalho de equipa, valorização e inteligência emocional e espiritual.

Simultaneamente, o Learning by Doing deverá ser orientado como uma experiência divertida e de criatividade, em que a determinação de ultrapassar um desafio é um mote para desenvolver alta performance. Por sua vez, a aprendizagem experiencial pode ainda ser acompanhada com recurso à tecnologia e ao digital, tal como por exemplo, simuladores de gestão ou ferramentas de gamificação.

Um estudo conduzido em 2018 pela Wiley concluiu que as novas tendências para 2025, no futuro da educação no ensino superior, passam por desafios na sala de aula, resultados tangíveis e procura por experiências envolventes. As tendências mostram ainda que uma abordagem multidisciplinar e experiencial, baseada num ambiente de aprendizagem contínuo e imersivo, estimula o pensamento complexo e crítico, tão necessários para uma adaptação às necessidades e preparação para mercado de trabalho. Learning by Doing tem, desta forma, um papel fundamental no ensino e em particular no ensino do marketing e esta é a metodologia que empregamos no IPAM, uma Educação Experiencial em Marketing.

Sendo que o pensamento não existe separado da ação e é através da ação que memorizamos, Learning by Doing é uma ferramenta poderosa de aprendizagem. Qualquer estudante ou profissional beneficia deste método, podendo também as empresas aplicar esta metodologia para melhor prepararem as suas equipas e se tornarem empresas com profissionais mais ágeis.

Pessoalmente, tenho uma paixão pelo marketing e pelo seu ensino experiencial, pois, pela ciência social holística que é, possibilita a criação de experiências inspiradoras!

 

Marta Bicho, professora do IPAM Lisboa

 

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

segunda-feira, 20 dezembro 2021 16:51

bt nl

2050.Briefing

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing