Opinião

Publicidade Digital: O risco de fazer, e de não fazer

A cada ano que passa as redes sociais crescem e agregam mais pessoas, pelo que as empresas têm vindo a perceber a oportunidade que é em estar onde os seus clientes, e potenciais, estão, e utilizam estes meios de forma a promoverem os seus produtos/serviços através de anúncios pagos. Mas será que a maioria das marcas aposta efetivamente em publicidade digital, ou estão a perder os benefícios que este meio proporciona?

quarta-feira, 26 janeiro 2022 10:37
Publicidade Digital: O risco de fazer, e de não fazer

Atualmente, é difícil encontrar uma pessoa que não tenha uma rede social, seja para falar com amigos/familiares ou para partilhar momentos e vivências através de, por exemplo, registos fotográficos. As redes sociais permitem assim uma conexão constante com o mundo, através da captação de atenção dos utilizadores, que os mantêm ligados com conteúdo estimulante.

Entre redes sociais como Instagram, Twitter, Pinterest, e outras, segundo um estudo realizado pela Hootsuite, o Facebook é hoje a maior rede social e conta com mais de 2,74 biliões de utilizadores ativos mensais em todo o mundo.

O crescente número de utilizadores nesta plataforma digital levou a que hoje em dia a grande receita do Facebook seja a publicidade paga, que permite às empresas/marcas promoverem os seus negócios e produtos/serviços, pelo que neste sentido torna-se mais fácil obterem uma maior dinâmica com os seus consumidores e traduzir isso em ROI.

A publicidade digital tem se tornado então muito importante, ultrapassando os meios de comunicação tradicional como outdoor, rádio, entre outros.

Na hora de definir o orçamento de comunicação e marketing, a maioria das empresas determina de imediato o investimento para marketing online, devido ao seu baixo custo e taxa de satisfação, que em outro meio não é possível atingir com tanta facilidade. De acordo com um estudo do INE, 46% das empresas portuguesas usam redes sociais para comunicar diretamente com os seus clientes, o que nos indica que cada vez mais as marcas percebem as oportunidades que este meio proporciona.

Os anúncios no Facebook possibilitam definir os objetivos, público-alvo e investimento para cada campanha, o que é uma grande vantagem para as marcas, pois têm a possibilidade de fazer um acompanhamento em “tempo real”, ajustar as campanhas de acordo com os resultados, e segmentar de acordo com os seus objetivos, evitando assim investimentos desnecessários.

De modo a tirar partido da plataforma Facebook Ads, as empresas precisam efetivamente de monitorizar todos os investimentos e resultados obtidos. As empresas que não analisam a performance das suas campanhas correm o risco de não terem o retorno esperado dos anúncios, e um dos grandes segredos do sucesso passa por testar e identificar o que resulta melhor para a estratégia de negócio.

No entanto, por outro lado, existem empresas que não fazem publicidade digital, e presumem que não necessitam de comunicar para que os consumidores cheguem até eles, o que é um erro. Algumas marcas usam apenas as redes sociais como forma de demonstrar os seus produtos e descontos, e esperam ter resultados organicamente e com este tipo de conteúdo, que na maioria das vezes não é relevante para os consumidores.

A publicidade nas redes sociais é então uma forma de comunicação digital avançada que permite obter resultados a um custo reduzido e permite a obtenção de benefícios como: Venda de produtos/serviços; Maior alcance de público relevante para o negócio; e, análise de resultados. É, portanto, uma grande vantagem para todas as empresas que procuram fazerem publicidade, dado que é uma estratégia de marketing assente totalmente nos objetivos de cada negócio, com indicadores de performance bastante satisfatórios, o que gera notoriedade, aumento das vendas e maior interação com a comunidade.

 

Catarina Cruz, especialista em Marketing Digital

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing