Out of Office

#ProvamosEAprovamos os sabores do AKLA

É pelo lobby do InterContinental Lisbon que se acede ao AKLA e, à primeira vez, sendo um restaurante de hotel, mas virado para a rua, dir-se-ia que peca por pequeno. Mas não: a entrada esconde um verdadeiro puzzle de dimensões espaciais que transmitem um movimento ondulante.

quinta, 12 julho 2018 19:54
#ProvamosEAprovamos os sabores do AKLA

 

São, na verdade, dois pisos, com o desnivelamento mínimo, mas suficientemente percetível para criar dois ambientes distintos. Para essa distinção contribui também a disposição irregular das mesas: duas mais ao centro e outras, redondas, em volta, como que emolduradas por separadores curvilíneos, e outras ainda, mais recatadas.  

Na decoração pontuam o dourado, em pequenos apontamentos, como nos candeeiros que se projetam sobre as mesas, e o azul, nos painéis de azulejos pombalinos. A luz, que entra em abundância pelas janelas, completa o cenário.

É neste cenário que o chef executivo Eddy Melo serve uma carta onde dominam os sabores lusos, com uma interpretação tradicional, mas com uma pitada de exotismo à mistura. Para começar, há ceviche de atum e de camarão por exemplo. Nas carnes, reinam as maturadas, grelhadas a alta temperatura nas brasas de um forno josper, com destaque para os entrecôtes. Mas também há peixe fresco, risotto, pasta e saladas. E, claro, sobremesas a que é difícil resistir: ganhou o bolo mousse de chocolate, mas há mais…

Aberto há dois anos, o AKLA tem à frente Eddy Melo, um chef português, nascido nos Açores, mas com mundo na bagagem, já que se mudou aos 14 anos para o Canadá, tendo já trabalhado nos Estados Unidos e na Jamaica.

 

#ProvamosEAprovamos os sabores do AKLA

 

#ProvamosEAprovamos os sabores do AKLA

 

#ProvamosEAprovamos os sabores do AKLA

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing