Out of Office

#ProvamosEAprovamos… as tapas e os petiscos do El Bulo

Tapas e petiscos. Fomos provar a nova carta e conhecer o novo conceito do El Bulo, o restaurante do chef Chakall localizado em Marvila. Para que não haja dúvidas, o chef reforça: “O El Bulo é um clube social”, onde reina a descontração, a boa comida, o futebol, a música e as caveiras (na decoração).

sexta, 19 outubro 2018 12:53
#ProvamosEAprovamos… as tapas e os petiscos do El Bulo

“Be yourself and eat well” lê-se no atual menu do El Bulo, e, de facto, comemos (muito) bem. O restaurante apresenta muitas novidades gastronómicas, numa mistura de “coisas que já existiam” com “outras coisas novas”. Agora o chef Chakall tem consigo um “chef fantástico da Alemanha”, o Roman Meier, que conheceu quando participou no programa “Dança com as Estrelas” alemão. E foi com ele que restruturou a carta, sob um conceito diferente do original: o de Tapas e Petiscos.

Mas, esta renovação vai continuar a desenvolver-se e preveem-se novas criações, pois, segundo o chef, é um “work in progress”. “Estou sempre a fazer coisas novas, eu aborreço-me, sou Gémeos, preciso de fazer coisas novas.  Não é o dinheiro que me mexe, não é a fama, é o fazer coisas, criar coisas”, referiu, na apresentação da nova carta.

Na ementa constam empanadas “para comer com a mão” para todos os gostos: de Carne, Vegan Ratatouille, de Marisco e Sambousek. No que respeita a peixe também são muitas e variadas as opções, entre as quais, Ceviches e Carpaccio “do Peru, com amor”, Tártaro de Atum Picante, Tiradito de Duas Cores (isto é, um duo de peixe fresco marinado em sal e servido com pera abacate e coentros). Há ainda Espuma de Bacalhau e Batata Doce – que adoramos –, Cao Cao de Gambas – que também estava ótimo – a par do Polvo Nipotuga (que é como quem diz, um prato que está “entre Tokyo e o Alentejo”, pois junta polvo com polme de tempura de Estrella Galicia servido com migas de tomate e coentros, molho alhiooli). Quanto às carnes, destacam-se o Ojo de Bife Argento, a Picanha Argentina e o Piano de Vitela 12 Horas, que, à semelhança das empanadas, também é para “comer com as mãos”. Sem esquecer o Baby Beef 600, ou seja, 600 gramas de carne argentina fatiada, que dizem ser “para partilhar… ou não”, e o Gambon delo Atlântico Sul, servido com molho de chillis e arroz de coentros.

O conceito de “clube social” mantém-se. Há futebol, isto é, há ecrãs que transmitem jogos, e há música, às quintas-feiras, às sextas e aos feriados com concertos ao vivo, que decorrem num local específico do restaurante: o Schweppes Live Stage.

Assim, o El Bulo é “algo variado, eclético, que não tem um formato de restaurante clássico”, pois o chef quer um espaço onde as pessoas se sintam confortáveis, sem nada “muito formal”.

#provamoseaprovamos... os tapas e petiscos do El Bulo

#provamoseaprovamos... os tapas e petiscos do El Bulo

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing