Out of Office

Dez restaurantes com Mesa Marcada

De Lisboa ao Porto, passando pelo Algarve, são dez os restaurantes distinguidos com os Prémios Mesa Marcada 2018, uma iniciativa do blogue de Duarte Calvão e Miguel Pires que vai na décima edição. O Feitoria, no Altis Belém, está em primeiro, e o respetivo chef, João Rodrigues, foi também o chefe do ano.

sexta, 25 janeiro 2019 10:41
Dez restaurantes com Mesa Marcada

 

Na lista dos restaurantes, o segundo e o décimo lugares estão no Algarve – o Ocean e o Vila Joya, respetivamente. Já Lisboa está representada com o Belcanto (3.º), o Alma (4.º), o Prado (5.º), o Loco (7.º) e o Epur (9.º). Quanto ao norte do país, viu serem distinguidos o Euslalduna Studio (6.º) e o The Yeatman (8.º).

No que toca aos chefes, esteve igualmente em destaque António Galapito, do Prado, vencedor do Prémio Especial Makro Chefe Revelação do Ano e Prémio Especial Estrella Damm Destaqee do Ano.

A Taberna Sal Grosso, em Lisboa, ganhou o Prémio Especial Bom Sucesso Mesa Diária, tendo, assim, sido eleito como  “restaurante favorito de preço moderado que frequente regularmente ou que recomendaria a um amigo”.

Outra das estrelas da noite foi o restaurante Epur, que marca o regresso de Vincent Farges a Portugal e que conquistouo Prémio Especial Graham’s Restaurante Novo do Ano.

O Prémio Especial Cutipol Carreira, atribuído a Dieter Koschina, pelo trabalho e empenho de mais de 20 anos no restaurante algarvio Vila Joya.

E o Prémio 10 Anos Mesa Marcada, atribuído ao chefe que mais vezes venceu nesta década, ficou nas mãos de José Avillez (seis vezes como chefe e seis como restaurante – quatro com o Belcanto e duas com o Tavares). 

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing