Out of Office

Anda um caixeiro viajante em Portalegre

Estreia esta sexta-feira, 23 de abril, no Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre, Morte de um caixeiro viajante. Com encenação de Jorge Silva Melo do texto de Arthur Miller, é uma produção dos Artistas Unidos em coprodução com o Teatro Nacional D. Maria II e o Teatro Nacional São João.

sexta-feira, 23 abril 2021 10:33
Anda um caixeiro viajante em Portalegre

 

Uma tragédia moderna do cidadão comum, que encontra na impotência do fracasso a derradeira violência, Morte de um caixeiro viajante foi escrita no imediato pós-guerra, em 1949, e é um sentido Requiem por uma sociedade que se baseia no triunfo individual, na competição e na exploração. Passada nos Estados Unidos da América, nos anos 1940, apresenta-se como um dos retratos mais magoados do sonho americano.

A peça é interpretada por Américo Silva, Joana Bárcia, André Loubet, Pedro Caeiro, Pedro Baptista, José Neves, Paula Mora, Tiago Matias, Sara Inês Gigante, Vânia Rodrigues, António Simão, Hélder Braz e Joana Resende.

O espetáculo marca o regresso da Rede Eunice Ageas que, nos próximos meses, levará três peças coproduzidas pelo Teatro Nacional D. Maria II a Bragança, Cartaxo, Portalegre e Portimão.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

bt nl

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing