Publicidade

Impostos ameaçam fusão “entre iguais”

A fusão entre a Omnicom e a Publicis, anunciada em julho do ano passado, pode estar em risco por causa de questões fiscais, noticia a edição de quarta-feira do Financial Times.

quarta, 23 abril 2014 13:04
Impostos ameaçam fusão “entre iguais”

O acordo entre os dois grupos prevê que os accionistas não paguem qualquer imposto relacionado com a fusão e tem havido negociações com as autoridades fiscais da França, da Holanda e do Reino Unido sobre o assunto. O ceo da Omicom, John Wren, citado no jornal, afirma que não há plano B e que a resolução das questões fiscais é um requisito para a fusão avançar.

Segundo o FT o processo de fusão está pendente em França e os dois grupos já apresentaram as suas pretensões às autoridades holandesas, onde ficará sediada a futura sede, e do Reino Unido, onde a nova empresa será considerada residente fiscal. O jornal recorda que a Holanda tem estado a ser pressionada para deixar de acolher as empresas que escolhem o país para sua sede por causa do regime fiscal, mais favorável que noutros países da União Europeia.

Devido à complexidade das matérias e dos dossiês que estão por fechar, John Wren não avança com uma data para a conclusão do negócio. Classificada como uma "fusão entre iguais", dará origem ao grupo Publicis Omnicom. Atualmente a francesa Publicis ocupa o terceiro lugar no ranking mundial da publicidade e a norte-americana Omnicom está no segundo lugar. A líder é a WPP.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

segunda, 28 abril 2014 12:03

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing