Publicidade

Uma campanha para “cuidar de si”

"Sempre a cuidar de si" foi o claim escolhido para o lançamento do Plano +Saúde, um plano de saúde abrangente lançado no mercado pelas Farmácias Portuguesas, em parceria com a Saúde Prime. Hugo Maia, responsável pela Unidade de Suporte ao Desenvolvimento de Negócio das Farmácias, diz ao Briefing diz que "as farmácias são um aliado permanente de cada um de nós, desde o dia em que nascemos".

terça-feira, 17 junho 2014 09:30
Uma campanha para “cuidar de si”

Briefing | Que objetivos se propõem atingir com esta campanha?
Hugo Maia | O objetivo é dar a conhecer o carácter inovador do "Plano +Saúde". Vai ser o plano de saúde mais completo do mercado, por acrescentar as farmácias à rede de prestadores Saúde Prime. As farmácias são a maior rede de cuidados de proximidade que existe em Portugal. Um plano de cuidados de saúde, para ser completo, não pode deixá-las de fora.

Briefing | Como surge o claim "Sempre a cuidar de si"?
HM | O claim impôs-se por força da realidade. As farmácias são um aliado permanente de cada um de nós, desde o dia em que nascemos. Estão sempre disponíveis em todas as horas da nossa vida. Continuam abertas em muitas terras onde já não há escola, centro de saúde ou estação dos correios.

Briefing | Porquê a escolha de uma linguagem emocional para comunicar um serviço farmacêutico?
HM | Por uma questão de responsabilidade. A actividade do farmacêutico -como do médico, do enfermeiro e de todos os profissionais de saúde - é por natureza emocional. O combate à morte, à doença e ao sofrimento não pode dispensar nunca as mais nobres emoções humanas, nem uma aliança responsável e permanente com os doentes.

Briefing | Em que medida esta campanha se inscreve na estratégia de comunicação das Farmácias Portuguesas?
HM | A Associação Nacional das Farmácias tem como grande objectivo a promoção de parcerias entre os farmacêuticos e os outros profissionais de saúde, públicos e privados, com o grande objectivo de obter ganhos em saúde para a população. O Plano +Saúde representa por isso uma evolução histórica do Programa de Fidelização "Farmácias Portuguesas", que tem dois milhões de aderentes e em seis anos já foi utilizado pelos portugueses 90 milhões de vezes.

Briefing | Qual o balanço deste programa de fidelização? Houve crescimento do número de farmácias aderentes? E de consumidores?
HM | Temos assistido a cerca de 10.000 novas adesões por mês ao cartão "Farmácias Portuguesas". O número de farmácias aderentes é 2.050, mas deverá aumentar nas próximas semanas, precisamente devido ao interesse dos portugueses pelo novo Plano +Saúde.

Briefing | Que adesão se tem verificado por parte das marcas cujos produtos são rebatíveis?
HM | A adesão foi sempre superior ao esperado. Neste momento mais de 300 marcas colaboram com o programa. O Plano +Saúde vai aumentar muito a notoriedade do Programa Farmácias Portuguesas, o que seguramente provocará uma segunda vaga de adesões.

Uma campanha para “cuidar de si”

Foto: ANF

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Vídeo

quarta-feira, 18 junho 2014 14:34

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing