Publicidade

Há mais eficácia na NOS, na Havas, na Arena Media e na Fullsix

A NOS, a Havas Worldwide Portugal, a Havas Design, a Havas SE e a Arena Media foram as grandes vencedoras da noite da eficácia, ontem, na reitoria da Universidade Nova de Lisboa. Conquistaram o Grande Prémio, com o lançamento da marca que resultou da fusão entre a ZONN e a Optimus. A Arena Media sagrou também Agência de Meios do Ano, enquanto a Fullsix arrecadou o título de Agência Criativa do Ano.

sexta-feira, 20 novembro 2015 09:23
Há mais eficácia na NOS, na Havas, na Arena Media e na Fullsix

Os três galardões maiores desta 11.ª edição dos Prémios à Eficácia foram entregues pela secretária-geral da APAN, Manuela Botelho, que sublinhou a importância da publicidade como uma indústria que "efetivamente alimenta a economia do país".

Neste âmbito, sublinhou como princípios fundamentais da Associação Portuguesa de Anunciantes proteger a liberdade de comunicar de forma responsável e promover a eficácia da atividade dos anunciantes, no entendimento de que a publicidade estimula a competição e a inovação, ligando as empresas às pessoas.

Por sua vez, ao receber o Grande Prémio, o diretor de Marketing da NOS, Hugo Figueiredo, disse querer partilhá-lo com a concorrência: "Se não fossem eles, se calhar não nos esforçávamos tanto para conquistar clientes e prémios", comentou.

A NOS ganhou ainda Ouro em Telecomunicações e Media e em Ativação e Patrocínios.

A noite foi também da Arena Media, que reconquistou o título de Agência de Meios do Ano perdido em 2014 para a Initiative. O diretor executivo, Rodrigo Albuquerque, sublinhou a importância de desenvolver campanhas com eficácia como forma de devolver a confiança que os clientes depositam na agência.

Já o prémio de Agência Criativa do Ano foi para a Fullsix, depois de nos últimos anos ter pertencido à Fuel. Filipa Caldeira, sócia fundadora da agência, destacou o simbolismo do prémio como demonstração do valor do trabalho desenvolvido.

A gala de entrega dos prémios foi inaugurada pelo vice-presidente da APAN e diretor de Comunicação da Central de Cervejas, Nuno Pinto de Magalhães, que sublinhou a relevância desta iniciativa na promoção do talento da indústria da comunicação.

A eficácia – sustentou – é determinante num contexto de redimensionamento do mercado, de digitalização e convergência dos meios e de um público cada vez mais exigente. É, pois, um desafio para os anunciantes e um investimento que devem continuar a fazer.

Vencedores da 11ª edição dos Prémios à Eficácia

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

sexta-feira, 20 novembro 2015 11:54

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing