Publicidade

A liderança no investimento publicitário mudou

O mês de outubro teve um novo líder no investimento publicitário. A Portugal Telecom destronou a Unilever-Jerónimo Martins, sendo responsável por um share of voice de 4,2% face ao total do mercado e de 12,1% relativamente ao total dos 20 maiores anunciantes do mês. Os dados são da MediaMonitor, da Marktest.

quarta, 30 novembro 2016 11:36
A liderança no investimento publicitário mudou

De acordo com a MediaMonitor, a Unilever-JM caiu para quarto, ao obter um share of voice de 2,2% face ao total do mercado e de 6,2% face aos 20 mais. Já a Santa Casa da Misericórdia subiu à segunda posição, sendo responsável por 2,8% do investimento publicitário total e por 8,1% do colocado pelos 20 maiores anunciantes do mês.

A Reckitt Benckiser subiu para a terceira posição, com um share of voice de 2,4% face ao total do mercado publicitário e de 7,1% face ao total dos 20 mais.

No total, os 20 maiores anunciantes foram responsáveis por 34,5% dos montantes globais do mês. Entre estes, há cinco empresas do grande consumo, quatro da grande distribuição, cinco do sector automóvel, dois das telecomunicações e cinco de outros sectores.

A televisão continua a dominar entre os meios, tendo os maiores investidores canalizando 76,6% dos orçamentos. A internet captou 8,4% dos montantes totais, a imprensa 7,1% cabendo 7,9% aos restantes meios.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing