Publicidade

YouTube com mais controlo nos anúncios

Depois do boicote à Google, com os anunciantes a desinvestir no YouTube na sequência da associação a conteúdos extremistas, a empresa investe em medidas para reforçar a segurança do sistema. Uma das novidades é a verificação de anúncios naquela plataforma por instituições do mercado.

quarta-feira, 05 abril 2017 12:27
YouTube com mais controlo nos anúncios

"Como parte do nosso compromisso de proporcionar ainda mais transparência e visibilidade aos nossos parceiros de publicidade, começaremos a oferecer relatórios de segurança de marca no YouTube feitos por instituições reconhecidas no mercado. Estamos a trabalhar com empresas credenciadas pelo Media Rating Council (MRC) para verificação de anúncios e começaremos a integrar essas tecnologias em breve", adianta a Google.

Em paralelo, a Google anuncia que irá contratar "um número significante de pessoas" para rever conteúdo questionável, e ainda acrescentar mais opções de controlo para as marcas gerirem onde os anúncios aparecem no YouTube.

Sobre o caso que deixou as marcas em alerta, o chief business officer da Google, Philipp Schindler, refere que os vídeos sinalizados pelos anunciantes receberam menos de um milésimo da percentagem das impressões totais de anúncios feitos por empresas. "Após conversarmos com muitos dos nossos principais anunciantes, ficou evidente que os vídeos sinalizados receberam menos de um milésimo da percentagem das impressões totais de anúncios feitos por empresas. É claro que removemos esses anúncios imediatamente quando descobrimos que foram exibidos por engano em conteúdos que não atendem às nossas políticas", acrescenta.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing