Um congresso sem patrocínios? Sim, e é em Portugal

Portugal vai realizar o primeiro congresso de nutricionistas sem patrocínios. O objetivo, diz a Ordem dos Nutricionistas, é “manter a imparcialidade junto dos decisores políticos, dos organismos públicos e privados e da população em geral, dada a sua intervenção na definição de políticas na área da alimentação e nutrição”.

 

A decisão está também em linha com a legislação recente que proíbe patrocínios a atividades nas instalações do Serviço Nacional de Saúde, de modo a aumentar a transparência e rigor da relação entre o setor e as marcas.

“A ousadia de fazermos um congresso sem recurso a patrocínios reforça a imparcialidade da Ordem dos Nutricionistas e aproxima-a das instituições públicas”, diz a bastonária da Ordem dos Nutricionistas, Alexandra Bento. “É óbvio que a colaboração entre nutricionistas e indústria leva a grandes progressos, tanto ao nível da inovação alimentar, como na promoção de uma melhor saúde. Mas é fundamental que esta relação esteja sempre patente e sujeita a total independência e isenção”, acrescenta.

A decorrer nos dias 21 e 22 de novembro, em Lisboa, o evento vai juntar mais de meio milhar de nutricionistas para debater o estado da alimentação dos portugueses.

briefing@briefing.pt

Terça-feira, 14 Novembro 2017 12:23


PUB